quinta-feira, 5 de maio de 2011

Deus Imutável

"Se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a Si mesmo."
                                                                             2 Timóteo 2.13

        Nossos humores podem mudar, mas os de Deus não mudam.
       
        Nosso jeito de pensar pode mudar, mas o de Deus não muda.
       
        Nossa dedicação pode vacilar, mas a de Deus nunca vacila.
       
        Mesmo que sejamos infiéis, Ele é fiel, pois não pode negar a Si mesmo.
       
        Ele é um Deus digno de confiança.

                                                                               Max Lucado

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Porque eu sei que é amor...

Porque eu sei que é amor, eu não peço nada em troca
Porque eu sei que é amor, eu não peço nenhuma prova.
Mesmo que você não esteja aqui, o amor está aqui agora
Mesmo que você tenha que partir, o amor não há de ir embora.

Eu sei que é pra sempre enquanto durar, eu peço somente
O que eu puder dar.

Porque eu sei que é amor, sei que cada palavra importa
Porque eu sei que é amor, sei que só há uma resposta.
Mesmo sem porque, eu te trago aqui
O amor está aqui, comigo.
Mesmo sem porque, eu te levo assim
O amor está em mim, mais vivo.

Eu sei que é pra sempre enquanto durar, eu peço somente
O que eu puder dar.

Porque eu sei que é amor...

Titãs.

Deus é a força do meu coração!!!!!

"Deus torce por você. Dê uma olhada na lateral do campo: é Deus balançando a bamdeira enquanto você avança para o gol. Olhe para trás: Ele está aplaudindo sua jogada. Ouça a voz de Deus vinda da arquibancada, gritando seu nome. Está cansado demais para continuar? Ele carregará você. Não tem mais coragem para lutar? Ele erguerá você. Deus torce por você."

domingo, 24 de abril de 2011

O Sofrimento de Cristo

A Crucificação de Cristo,
a partir de um ponto de vista médico
de C. Truman Davis
Lendo o livro de Jim Bishop “O Dia Que Cristo Morreu”, eu percebi que durante vários anos eu tinha tornado a crucificação de Jesus mais ou menos sem valor, que havia crescido calos em meu coração sobre este horror, por tratar seus detalhes de forma tão familiar - e pela amizade distante que eu tinha com nosso Senhor. Eu finalmente havia percebido que, mesmo como médico, eu não entendia a verdadeira causa da morte de Jesus. Os escritores do evangelho não nos ajudam muito com este ponto, porque a crucificação era tão comum naquele tempo que, aparentemente, acharam que uma descrição detalhada seria desnecessária. Por isso só temos as palavras concisas dos evangelistas “Então, Pilatos, após mandar açoitar a Jesus, entregou-o para ser crucificado.”
Eu não tenho nenhuma competência para discutir o infinito sofrimento psíquico e espiritual do Deus Encarnado que paga pelos pecados do homem caído. Mas parecia a mim que como um médico eu poderia procurar de forma mais detalhada os aspectos fisiológicos e anatômicos da paixão de nosso Senhor. O que foi que o corpo de Jesus de Nazaré de fato suportou durante essas horas de tortura?
Dados históricos
Isto me levou primeiro a um estudo da prática de crucificação, quer dizer, tortura e execução por fixação numa cruz. Eu estou endividado a muitos que estudaram este assunto no passado, e especialmente para um colega contemporâneo, Dr. Pierre Barbet, um cirurgião francês que fez uma pesquisa histórica e experimental exaustiva e escreveu extensivamente no assunto.
Aparentemente, a primeira prática conhecida de crucificação foi realizado pelos persas. Alexandre e seus generais trouxeram esta prática para o mundo mediterrâneo--para o Egito e para Cartago. Os romanos aparentemente aprenderam a prática dos cartagineses e (como quase tudo que os romanos fizeram) rapidamente desenvolveram nesta prática um grau muito alto de eficiência e habilidade. Vários autores romanos (Lívio, Cícero, Tácito) comentam a crucificação, e são descritas várias inovações, modificações, e variações na literatura antiga.
Por exemplo, a porção vertical da cruz (ou “stipes”) poderia ter o braço que cruzava (ou “patibulum”) fixado cerca de um metro debaixo de seu topo como nós geralmente pensamos na cruz latina. A forma mais comum usada no dia de nosso Senhor, porém, era a cruz “Tau”, formado como nossa letra “T”. Nesta cruz o patibulum era fixado ao topo do stipes. Há evidência arqueológica que foi neste tipo de cruz que Jesus foi crucificado. Sem qualquer prova histórica ou bíblica, pintores Medievais e da Renascença nos deram o retrato de Cristo levando a cruz inteira. Mas o poste vertical, ou stipes, geralmente era fixado permanentemente no chão no local de execução. O homem condenado foi forçado a levar o patibulum, pesando aproximadamente 50 quilos, da prisão para o lugar de execução.
Muitos dos pintores e a maioria dos escultores de crucificação, também mostram os cravos passados pelas palmas. Contos romanos históricos e trabalho experimental estabeleceram que os cravos foram colocados entre os ossos pequenos dos pulsos (radial e ulna) e não pelas palmas. Cravos colocados pelas palmas sairiam por entre os dedos se o corpo fosse forçado a se apoiar neles. O equívoco pode ter ocorrido por uma interpretação errada das palavras de Jesus para Tomé, “vê as minhas mãos”. Anatomistas, modernos e antigos, sempre consideraram o pulso como parte da mão.
Um titulus, ou pequena placa, declarando o crime da vítima normalmente era colocado num mastro, levado à frente da procissão da prisão, e depois pregado à cruz de forma que estendia sobre a cabeça. Este sinal com seu mastro pregado ao topo teria dado à cruz um pouco da forma característica da cruz latina.
O suor como gotas de sangue
O sofrimento físico de Jesus começou no Getsêmani. Em Lucas diz: "E, estando em agonia, orava mais intensamente. E aconteceu que o seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra." (Lc 22:44) Todos os truques têm sido usados por escolas modernas para explicarem esta fase, aparentemente seguindo a impressão que isto não podia acontecer. No entanto, consegue-se muito consultando a literatura médica. Apesar de muito raro, o fenômeno de suor de sangue é bem documentado. Sujeito a um stress emocional, finos capilares nas glândulas sudoríparas podem se romper, misturando assim o sangue com o suor. Este processo poderia causar fraqueza e choque. Atenção médica é necessária para prevenir hipotermia.
Após a prisão no meio da noite, Jesus foi levado ao Sinédrio e Caifás o sumo sacerdote, onde sofreu o primeiro traumatismo físico. Jesus foi esbofeteado na face por um soldado, por manter-se em silêncio ao ser interrogado por Caifás. Os soldados do palácio tamparam seus olhos e zombaram dele, pedindo para que identificasse quem o estava batendo, e esbofeteavam a Sua face.
A condenação
De manhã cedo, Jesus, surrado e com hematomas, desidratado, e exausto por não dormir, é levado ao Pretório da Fortaleza Antônia, o centro de governo do Procurador da Judéia, Pôncio Pilatos. Você deve já conhecer a tentativa de Pilatos de passar a responsabilidade para Herodes Antipas, tetrarca da Judéia. Aparentemente, Jesus não sofreu maus tratos nas mãos de Herodes e foi devolvido a Pilatos. Foi em resposta aos gritos da multidão que Pilatos ordenou que Bar-Abbas fosse solto e condenou Jesus ao açoite e à crucificação.
Há muita diferença de opinião entre autoridades sobre o fato incomum de Jesus ser açoitado como um prelúdio à crucificação. A maioria dos escritores romanos deste período não associam os dois. Muitos peritos acreditam que Pilatos originalmente mandou que Jesus fosse açoitado como o castigo completo dele. A pena de morte através de crucificação só viria em resposta à acusação da multidão de que o Procurador não estava defendendo César corretamente contra este pretendente que supostamente reivindicou ser o Rei dos judeus.
Os preparativos para as chicotadas foram realizados quando o prisioneiro era despido de suas roupas, e suas mãos amarradas a um poste, acima de sua cabeça. É duvidoso se os Romanos teriam seguido as leis judaicas quanto às chicotadas. Os judeus tinham uma lei antiga que proibia mais de 40 (quarenta) chicotadas.
O açoite
O soldado romano dá um passo a frente com o flagrum (açoite) em sua mão. Este é um chicote com várias tiras pesadas de couro com duas pequenas bolas de chumbo amarradas nas pontas de cada tira. O pesado chicote é batido com toda força contra os ombros, costas e pernas de Jesus. Primeiramente as pesadas tiras de couro cortam apenas a pele. Então, conforme as chicotadas continuam, elas cortam os tecidos debaixo da pele, rompendo os capilares e veias da pele, causando marcas de sangue, e finalmente, hemorragia arterial de vasos da musculatura.
As pequenas bolas de chumbo primeiramente produzem grandes, profundos hematomas, que se rompem com as subseqüentes chicotadas. Finalmente, a pele das costas está pendurada em tiras e toda a área está uma irreconhecível massa de tecido ensangüentado. Quando é determinado, pelo centurião responsável, que o prisioneiro está a beira da morte, então o espancamento é encerrado.
Então, Jesus, quase desmaiando é desamarrado, e lhe é permitido cair no pavimento de pedra, molhado com Seu próprio sangue. Os soldados romanos vêm uma grande piada neste Judeu, que se dizia ser o Rei. Eles atiram um manto sobre os seus ombros e colocam um pau em suas mãos, como um cetro. Eles ainda precisam de uma coroa para completar a cena. Um pequeno galho flexível, coberto de longos espinhos é enrolado em forma de uma coroa e pressionado sobre Sua cabeça. Novamente, há uma intensa hemorragia (o couro do crânio é uma das regiões mais irrigadas do nosso corpo).
Após zombarem dele, e baterem em sua face, tiram o pau de suas mãos e batem em sua cabeça, fazendo com que os espinhos se aprofundem em sua cabeça. Finalmente, cansado de seu sádico esporte, o manto é retirado de suas costas. O manto, por sua vez, já havia aderido ao sangue e grudado nas feridas. Como em uma descuidada remoção de uma atadura cirúrgica, sua retirada causa dor toturante. As feridas começam a sangrar como se ele estivesse apanhando outra vez.

A cruz
Em respeito ao costume dos judeus, os romanos devolvem a roupa de Jesus. A pesada barra horizontal da cruz á amarrada sobre seus ombros, e a procissão do Cristo condenado, dois ladrões e o destacamento dos soldados romanos para a execução, encabeçado por um centurião, começa a vagarosa jornada até o Gólgota. Apesar do esforço de andar ereto, o peso da madeira somado ao choque produzido pela grande perda de sangue, é demais para ele. Ele tropeça e cai. As lascas da madeira áspera rasgam a pele dilacerada e os músculos de seus ombros. Ele tenta se levantar, mas os músculos humanos já chegaram ao seu limite.
O centurião, ansioso para realizar a crucificação, escolhe um observador norte-africano, Simão, um Cirineu, para carregar a cruz. Jesus segue ainda sangrando, com o suor frio de choque. A jornada de mais de 800 metros da fortaleza Antônia até Gólgota é então completada. O prisioneiro é despido - exceto por um pedaço de pano que era permitido aos judeus.
A crucificação
A crucificação começa: Jesus é oferecido vinho com mirra, um leve analgésico. Jesus se recusa a beber. Simão é ordenado a colocar a barra no chão e Jesus é rapidamente jogado de costas, com seus ombros contra a madeira. O legionário procura a depressão entre os osso de seu pulso. Ele bate um pesado cravo de ferro quadrado que traspassa o pulso de Jesus, entrando na madeira. Rapidamente ele se move para o outro lado e repete a mesma ação, tomando o cuidado de não esticar os ombros demais, para possibilitar alguma flexão e movimento. A barra da cruz é então levantada e colocado em cima do poste, e sobre o topo é pregada a inscrição onde se lê: "Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus".
O pé esquerdo agora é empurrado para trás contra o pé direito, e com ambos os pés estendidos, dedos dos pés para baixo, um cravo é batido atraves deles, deixando os joelhos dobrados moderadamente. A vítima agora é crucificada. Enquanto ele cai para baixo aos poucos, com mais peso nos cravos nos pulsos a dor insuportável corre pelos dedos e para cima dos braços para explodir no cérebro – os cravos nos pulsos estão pondo pressão nos nervos medianos. Quando ele se empurra para cima para evitar este tormento de alongamento, ele coloca seu peso inteiro no cravo que passa pelos pés. Novamente há a agonia queimando do cravo que rasga pelos nervos entre os ossos dos pés.
Neste ponto, outro fenômeno ocorre. Enquanto os braços se cansam, grandes ondas de cãibras percorrem seus músculos, causando intensa dor. Com estas cãibras, vem a dificuldade de empurrar-se para cima. Pendurado por seus braços, os músculos peitorais ficam paralisados, e o músculos intercostais incapazes de agir. O ar pode ser aspirado pelos pulmões, mas não pode ser expirado. Jesus luta para se levantar a fim de fazer uma respiração. Finalmente, dióxido de carbono é acumulado nos pulmões e no sangue, e as cãibras diminuem. Esporadicamente, ele é capaz de se levantar e expirar e inspirar o oxigênio vital. Sem dúvida, foi durante este período que Jesus consegui falar as sete frases registradas:
Jesus olhando para os soldados romanos, lançando sorte sobre suas vestes disse: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. " (Lucas 23:34)
Ao ladrão arrependido, Jesus disse: "Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso." (Lucas 23:43)
Olhando para baixo para Maria, sua mãe, Jesus disse: “Mulher, eis aí teu filho.” E ao atemorizado e quebrantado adolescente João, “Eis aí tua mãe.” (João 19:26-27)
O próximo clamor veio do início do Salmo 22, “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”
Ele passa horas de dor sem limite, ciclos de contorção, câimbras nas juntas, asfixia intermitente e parcial, intensa dor por causa das lascas enfiadas nos tecidos de suas costas dilaceradas, conforme ele se levanta contra o poste da cruz. Então outra dor agonizante começa. Uma profunda dor no peito, enquanto seu pericárdio se enche de um líquido que comprime o coração.
Lembramos o Salmo 22 versículo 14 “Derramei-me como água, e todos os meus ossos se desconjuntaram; meu coração fez-se como cera, derreteu-se dentro de mim.”
Agora está quase acabado - a perda de líquidos dos tecidos atinge um nível crítico - o coração comprimido se esforça para bombear o sangue grosso e pesado aos tecidos - os pulmões torturados tentam tomar pequenos golpes de ar. Os tecidos, marcados pela desidratação, mandam seus estímulos para o cérebro.
Jesus clama “Tenho sede!” (João 19:28)
Lembramos outro versículo do profético Salmo 22 “Secou-se o meu vigor, como um caco de barro, e a língua se me apega ao céu da boca; assim, me deitas no pó da morte.”
Uma esponja molhada em “posca”, o vinho azedo que era a bebida dos soldados romanos, é levantada aos seus lábios. Ele, aparentemente, não toma este líquido. O corpo de Jesus chega ao extremo, e ele pode sentir o calafrio da morte passando sobre seu corpo. Este acontecimento traz as suas próximas palavras - provavelmente, um pouco mais que um torturado suspiro “Está consumado!”. (João 19:30)
Sua missão de sacrifício está concluída. Finalmente, ele pode permitir o seu corpo morrer.
Com um último esforço, ele mais uma vez pressiona o seu peso sobre os pés contra o cravo, estica as suas pernas, respira fundo e grita seu último clamor: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito!” (Lucas 23:46).
O resto você sabe. Para não profanar a Páscoa, os judeus pediam para que o réus fossem despachados e removidos das cruzes. O método comum de terminar uma crucificação era por crucificatura, quebrando os ossos das pernas. Isto impedia que a vítima se levantasse, e assim eles não podiam aliviar a tensão dos músculos do peito e logo sufocaram. As pernas dos dois ladrões foram quebradas, mas, quando os soldados chegaram a Jesus viram que não era necessário.
Conclusão
Aparentemente, para ter certeza da morte, um soldado traspassou sua lança entre o quinto espaço das costelas, enfiado para cima em direção ao pericárdio, até o coração. O verso 34 do capítulo 19 do evangelho de João diz: "E imediatamente verteu sangue e água." Isto era saída de fluido do saco que recobre o coração, e o sangue do interior do coração. Nós, portanto, concluímos que nosso Senhor morreu, não de asfixia, mas de um enfarte de coração, causado por choque e constrição do coração por fluidos no pericárdio.
Assim nós tivemos nosso olhar rápido – inclusive a evidência médica – daquele epítome de maldade que o homem exibiu para com o Homem e para com Deus. Foi uma visão terrível, e mais que suficiente para nos deixar desesperados e deprimidos. Como podemos ser gratos que nós temos o grande capítulo subseqüente da clemência infinita de Deus para com o homem – o milagre da expiação e a expectativa da manhã triunfante da Páscoa.
© Copyright C. Truman Davis
A Crucificaçao de Cristo
A Crucificação de Cristo
A paixão de Cristo, a partir de um ponto de vista médico
C. Trunan Davis
De repente, eu percebi que eu tinha tornado a crucificação de Jesus mais ou menos sem valor, durante estes anos, que
havia crescido calos em meu coração sobre este horror, por tratar seus detalhes de forma tão familiar – e pela
amizade distante que eu tinha com Ele. Isto finalmente aconteceu comigo quando, como médico, eu não sabia o que
verdadeiramente ocasionou a morte imediata.
Os escritores do Evangelho não nos ajudam muito com este ponto, porque a crucificação era tão comum naquele tempo
que, sem dúvida, acharam que qualquer detalhe seria desnecessário. Eu estudei a prática da crucificação, que é a
tortura e execução de alguém fixando-o na cruz. A coluna vertical era geralmente fixada ao solo, onde seria a execução, e
o réu era forçado a carregar o poste horizontal, pesando aproximadamente 55 quilos, da prisão até o lugar da execução.
Explicação
A paixão física de Jesus começou no Getsêmani. Em Lucas diz: “E estando em agonia, Ele orou. E Seu suor
tornou-se gotas de sangue, escorrendo pelo chão." Todos os estudos têm sido usados por escolas modernas para
explicarem esta fase, aparentemente debaixo da impressão que isto não pode acontecer.
No entanto, pode-se conseguir muito consultando a literatura médica. Apesar de muito raro, o fenômeno de suor de
sangue é bem documentado. Debaixo de um stress emocional, finos capilares nas glândulas sudoríparas podem se
romper, misturando assim o sangue com o suor. Este processo causa fraqueza e choque. Atenção médica é necessária
para prevenir hipotermia.
Após a prisão, no meio da noite, Jesus foi trazido ao Sumo Sacerdote, onde sofreu o primeiro trauma físico. Jesus foi
esbofeteado na face por um soldado, por manter-se em silêncio ao ser interrogado por Caifás. Os soldados do
palácio tamparam seus olhos e caçoaram Dele, pedindo para que identificasse quem O estava batendo, e esbofeteavam
a Sua face. De manhã cedo, Jesus, surrado e com hematomas, desidratado, e exausto por não dormir, foi levado a
Jerusalém para ser chicoteado e então crucificado.
Os preparativos para as chicotadas são feitos: o Prisioneiro é despido de Suas roupas, e Suas mãos amarradas a um
poste, a cima de Sua cabeça. É duvidoso se os romanos seguiram as leis judaicas quanto às chibatadas. Os judeus tinham
uma lei antiga que proibia mais de 40 (quarenta) chibatadas. Os fariseus, para terem certeza que esta lei não seria
desobedecida, ordenava apenas 39 chibatadas para que não houvesse erro na contagem.
Chicote Duplo
Casa do Oleiro - International Apostolic Ministries
http://casadooleiro.com/IAM Powered by Joomla! Generated: 29 December, 2010, 17:53
O soldado romano dá um passo à frente com um chicote com várias pesadas tiras de couro com 2 (duas) pequenas
bola de chumbo amarrada nas pontas de cada tira. O pesado chicote é batido com toda força contra os ombros, costas e
pernas de Jesus. Primeiramente as pesadas tiras de couro cortam apenas a pele. Então, conforme as chibatadas
continuam, elas cortam os tecido debaixo da pele, rompendo os capilares e veias da pele, causando marcas de sangue,
e finalmente, hemorragia arterial de vasos da musculatura. As pequenas bolas de chumbo primeiramente produzem
grandes e profundos hematomas, que se rompem com as subseqüentes chibatadas.
Finalmente, a pele das costas está pendurada em tiras e toda a área está uma irreconhecível massa de tecido
ensangüentado. Quando é determinado pelo centurião responsável que o prisioneiro está à beira da morte, então o
espancamento é encerrado. Então, Jesus é desamarrado, e Lhe é permitido deitar-se no pavimento de pedra, molhado
com Seu próprio sangue.
Os soldados romanos vêem uma grande piada neste Judeu, que clamava ser o Rei. Eles atiram um manto sobre os
Seus ombros e colocam um pau em Suas mãos, como um cetro. Eles ainda precisam de uma coroa para completar a
cena. Uns pequenos galhos flexíveis, recobertos de longos espinhos são enrolados em forma de uma coroa e
pressionado sobre Sua cabeça. Novamente, há uma intensa hemorragia (o escalpo é uma das regiões mais irrigadas do
nosso corpo). Após caçoarem Dele, e baterem em Sua face, tiram o pau de Suas mãos e batem em Sua cabeça, fazendo
com que os espinhos se aprofundem em Seu escalpo. Finalmente, cansado de seu sádico esporte, o manto é retirado
de Suas costas. O manto, por sua vez, já havia se aderido ao sangue e grudado, nas feridas, justo como em uma
descuidada remoção de uma bandagem cirúrgica, causa dor cruciante, quase como se estivesse apanhando outra vez
– e as feridas, começam a sangrar outra vez.
A pesada barra horizontal da cruz á amarrada sobre Seus ombros, e a procissão do Cristo condenado, dois ladrões e
os detalhes da execução dos soldados romanos, encabeçada por um centurião, começa a vagarosa jornada até o Gólgota.
Apesar do esforço de andar ereto, o peso da madeira somado ao choque produzido pela grande perda de sangue, é
muito para Ele. Ele tropeça e cai. Lascas da madeira entram na pele dilacerada e nos músculos de Seus ombros. Ele
tenta se levantar, mas os músculos humanos já não suportam mais. O centurião, ansioso para a crucificação, escolhe
um norte-africano, Simeão, para carregar a cruz. Jesus segue ainda sangrando, suando frio e com choques. A jornada é
então completada. O prisioneiro é despido – exceto por um pedaço de pano que era permitido aos judeus.
A crucificação começa: a Jesus é oferecido vinho com mirra, uma mistura para aliviar a dor. Jesus se recusa a beber.
Simão é ordenado a colocar a barra no chão e Jesus é rapidamente jogado de costas, com Seus ombros contra a
madeira. Os soldados procuram a depressão entre os ossos de Seu pulso. Ele dirige um pesado e quadrado prego de
ferro, através de Seu pulso para dentro da madeira. Rapidamente ele se move para outro lado e repete a mesma ação,
tomando o cuidado de não pregar muito apertado, para possibilitar alguma flexão e movimento. A barra da cruz é então
levantada, e sobre o topo, a inscrição onde se lê: "Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus", é pregada.
O pé direito é pressionado contra o pé esquerdo, e com os pés esticados, os dedos para baixo, um prego é
martelado atravessando os pés, deixando os joelhos levemente flexionados. A Vítima está agora crucificada. À medida
que Ele se abaixa, com o peso maior sobre os pregos dos pulsos, cruciante e terrível dor passa pelos dedos e braços,
explodindo no cérebro – os pregos dos pulsos comprimem os nervos médicos. Conforme Ele se esguia e
empurra para cima seu corpo num esforço a este ponto quase sobre humano, a fim de aliviar o peso e a dor, Ele
descarrega todo o Seu peso sobre o prego em Seus pés. Outra vez, desencadeia a agonia do prego colocado entre os
metatarsos se Seus pés.
Explicação
Neste ponto, outro fenômeno ocorre. Enquanto os braços se cansam, grandes ondas de cãibras percorrem Seus
músculos, causando intensa dor. Com estas cãibras, vem à inabilidade de empurrar – Se para cima, pendurado
por Seus braços, os músculos peitorais ficam paralisados, e os músculos intercostais incapazes de agir. O ar pode ser
Casa do Oleiro - International Apostolic Ministries
http://casadooleiro.com/IAM Powered by Joomla! Generated: 29 December, 2010, 17:53
aspirado para os pulmões, mas não pode ser expirado. Jesus luta para se levantar a fim de tomar fôlego. Finalmente,
dióxido de carbono é retido nos pulmões e no sangue, e as cãibras diminuem. Esporadicamente, Ele é capaz de se
levantar e expirar e inspirar o oxigênio vital. Sem dúvida, foi durante este período que Jesus conseguiu falar as
sentenças registradas: Jesus olhando para os soldados romanos, lançando sorte sobre Suas vestes, "Pai, perdoa-os, pois
eles não sabem o que fazem."
Em Lucas 23:34 a forma do verbo no presente contínuo indica que Ele continuou dizendo isto. Ao lado do ladrão, Jesus
disse: "Hoje você estará comigo no Paraíso." Jesus disse, olhando para baixo ao atemorizado e quebrantado
adolescente João, “eis aí a Sua mãe" e olhando para Maria, Sua mãe disse: "eis aí o seu filho". O próximo clamor
veio do início do Salmo 22, “Meu Deus, meu Deus, por que me desamparaste?”.
Horas desta dor limitante, ciclos de contorção, cãibras nas juntas, asfixia parcial intermitente, intensa dor por causa da
lascas enfiadas nos tecidos de Suas costas dilaceradas, conforme Ele se levanta contra o poste de cruz. Então, outra
dor de agonia começa. Uma profunda dor no peito, enquanto seu pericárdio se enche de um líquido que comprime o
coração. Agora está quase acabado – a perda de líquidos dos tecidos atinge um nível crítico – o coração
comprimido se esforça para bombear o sangue grosso e pesado aos tecidos – os pulmões torturados tentam tomar
pequenos golpes de ar. Os tecidos, marcados pela desidratação, mandam estímulos para o cérebro. Jesus suspira e dá
um brado:- Sede!!!
Uma esponja embebida em vinagre, vinho azedo, o qual era o resto da bebida dos soldados romanos, é levantada aos
Seus lábios. Ele, aparentemente, não toma este líquido. O corpo de Jesus chega ao extremo, e Ele pode sentir o
calafrio da morte passando sobre Seu corpo. Este acontecimento traz as Suas próximas palavras –
provavelmente, um pouco mais que um suspiro de tortura.
"Está consumado”
Sua missão de sacrifício está completa. Finalmente, Ele permite o Seu corpo morrer. Com uma última força, Ele mais
uma vez pressiona o Seu peso sobre os pés contra o prego, estica as Suas pernas e toma profundo fôlego e grita Seu
último clamor: "PAI,
EM TUAS MÃOS ENTREGO O MEU ESPÍRITO." Por causa da Páscoa, a tradição dizia que os réus ainda vivos,
deveriam ser retirados da cruz e quebradas as suas pernas. No caso de Jesus isto foi desnecessário.
Conclusão
Aparentemente, para ter certeza da morte, um soldado traspassou sua lança entre o quinto espaço entre as costelas,
enfiado para cima em direção ao pericárdio, até o coração. O verso 34 do capítulo 19 do Evangelho de João diz: “E
imediatamente verteu sangue e água." Isto era escape de fluido do saco que recobre o coração, e o sangue do interior
do coração. Nós, portanto, concluímos que nosso Senhor morreu, não de asfixia, mas de um enfarte de coração, causado por
choque e constrição do músculo cardíaco por fluidos no pericárdio.
Aplicação prática sobre a nossa vida
Por que faço o que faço?
Esta indagação, por mais crucial em importância que possa vir a ser, conduz-me a um raciocínio linear que me leva a
afirmar o que segue:- Minha formação, meu treinamento, o ambiente no qual eu nasci e fui educado, afetam o que faço
hoje, mas não são em mim, suficientemente fortes, para me obrigar a pecar. Eles podem muito bem afetar as minhas
ações, mas não me forçam a efetuá-las. Elas influenciam, mas não têm o poder de controlar as minhas ações. Que eu
tenho o poder de fazer escolhas morais livres é verdadeiro e eu devo ser estimulado, instigado a promovê-las em
Casa do Oleiro - International Apostolic Ministries
http://casadooleiro.com/IAM Powered by Joomla! Generated: 29 December, 2010, 17:53
minha própria vida.
Existem diferenças entre características físicas herdadas, (olhos castanhos, manchas do leopardo) sobre as quais eu não
tenho controle, e tendências espirituais herdadas (como por exemplo: luxúria, orgulho) sobre as quais devo ter
controle. Não podemos evitar o tamanho básico, a cor, o talento, o grupo étnico de que viemos, mas realmente temos
uma escolha com respeito a seguir os impulsos espirituais que podemos ter herdado, tais como a impaciência, ira,
orgulho, impureza sexual. Nenhuma destas tendências desculpa as nossas ações más que delas procedem, como a
violência física, a murmuração, a meia verdade… Em outras palavras, o que eu estou tentando dizer é que posso
dar um tapa em alguém que diz alguma coisa repugnante a nosso respeito, mas podemos escolher não agir sob esse
impulso.
Moralmente falando, os impulsos irresistíveis são os impulsos que não foram resistidos. Pessoas têm morrido por falta
de água, frio e comida, como ainda a semana passada pudemos ver nos noticiários acerca da caçada a Osama bin
Laden, quando algumas cavernas, repletas de cadáveres foram encontradas, mas ninguém é lembrado por ter
morrido de falta de álcool, falta de sexo, ou outras drogas para satisfazer os seus desejos ardentes! –Temos
livre escolha em todas estas áreas, não é mesmo?
Há pessoas que para se desculparem perante si mesmas afirmam que todas as ações possuem uma razão, e que essa
razão determina o que fazemos, e por isso acabam falhando em distinguir devidamente um propósito de uma causa. O
propósito é porque eu ajo assim ou assado! A causa é o que produz o meu ato!
Um propósito é causa final (aquela para a qual agimos), MAS UMA CAUSA É CAUSA EFICIENTE (aquela pela qual
agimos). Nenhum alvo ou meta de um ato produz um ato humano livre. Ele é simplesmente o propósito para o qual
escolhemos agir, senão vejamos:- Se escolhermos trapacear, roubar, murmurar (é falar aos outros o que não
desejamos, ou teríamos coragem de falar se o envolvido estiver presente). Fazemos isso livremente, muito embora a
ganância possa ter sido o propósito para isso. Quero dizer então que as ações morais surgem de nossas escolhas livres, não
importam quais tenham sido os propósitos para elas.
Segundo o livro de Santo Agostinho, Adão antes da queda era capaz de pecar e de não pecar; após a queda ela era
capaz de pecar, mas incapaz de não pecar, mas após a regeneração, o ser humano, é capaz de pecar e de não pecar
(como Adão antes da queda) como resultado do sacrifício vicário de Cristo, no qual somos desafiados a buscar a
vontade perfeita de Deus sobre as nossas vidas, dando liberdade ao Espírito de Deus de transformar a nossa vida pela
renovação do nosso entendimento, ou seja, voltarmos a ser como as primícias de suas criaturas.
Após a Salvação em Cristo, gerados pela Palavra da Verdade, através da semente incorruptível, as epístolas de João nos
ensinam que não pecamos mais. No entanto, apesar de sermos agora participantes da natureza divina, conservamos
ainda, por causa do fôlego de vida em nossas narinas, a natureza da carne (invólucro de pecado). Isto porque, não
mortificamos a carne juntamente com as suas paixões falando bem realísticamente. Temos, infelizmente, que admitir,
que somos bivalentes, ou seja, temos uma natureza espiritual e uma natureza carnal que guerreia dentro de cada um de
nós. É por isso que conservamos uma propensão para o pecado, mas não temos mais a necessidade de pecar. Isso
significa que é inevitável que desejemos pecar, (quando a carne não mortificada se levanta), mas que não é inevitável
que devamos pecar.
Não quero também que vocês confundam desejo com decisão. O fato de os homens naturalmente desejarem pecar
não significa que devam decidir pecar. Tanto as Escrituras, como a experiência nos ensinam que há uma diferença
entre as duas coisas. Paulo escrevendo aos Romanos 7:15 …Pois não faço o bem que quero, mas o mal que eu
odeio…
A experiência pessoal revela que, algumas vezes, agimos contrariamente aos nossos desejos mais fortes,
Casa do Oleiro - International Apostolic Ministries
http://casadooleiro.com/IAM Powered by Joomla! Generated: 29 December, 2010, 17:53
obedecemos aos impulsos da carne e retalhamos alguém, murmuramos contra os irmãos, detratamos e pervertemos a
verdade, etc… A verdade desagradável é que, mesmo tendo herdado a natureza pecaminosa (Efésios 2:3), eu
não tenho ninguém a quem culpar, senão a mim mesmo por causa das minhas ações morais. Isto ficou bem claro, não é
mesmo?
Isto posto, desejo reafirmar que a Bíblia afirma tanto explícita como implicitamente que os seres humanos possuem livre
escolha. O livre arbítrio foi afetado pelo pecado, foi desfigurado, mas não destruído. É meu desejo pois, neste final do
primeiro ano que inaugurou este novo milênio, desafiar a cada um a deixar para trás as coisas que para trás devam
ficar, e olhar para o alvorecer de um novo tempo, para a aurora de uma nova fase em nossas vidas de per si. Desejo,
ainda que por emulação, criar com esta crônica que lhes li, um fator determinante, interno ou externo, para que você se
levante de onde está, e avance um pouco mais, suba um outro degrau, galgue um novo patamar para suas aspirações e
desejos mais íntimos. Desate os nós, sacuda de você o que tanto tem acorrentado a sua vida a um “status
quo”, nós da incredulidade, das conveniências, dos desajustes, das emoções mal curadas, dos temperamentos e
diferenças mal resolvidas, do descolorido que tornaram a suas esperanças opacas e obsoletas, dos sininhos e
“blen-blen-blens” de Natal, e assuma uma nova fleumática, uma nova postura diante daquele que
padeceu, sofrendo em nosso lugar, para que nos fosse habilitado momentos como este de ao invés de retrocedermos e
nos deter pelas atitudes que reconhecemos erradas, contrário senso, avancemos para novos alvos, novas metas, para
a porta da soberana vocação a que cada um de nós está determinado entrar. Esforcemo-nos em fazer o bem! (Ver Salmos
146:5-9)
A.W. Tozer, no seu livro, "O Conhecimento do Santo" escreveu que tudo quanto nos vem à mente quando pensamos a
respeito de Deus é a coisa mais importante a respeito de nós mesmos. Dessa forma, antes de examinarmos a Soberania
de Deus em relação à vontade humana, gostaríamos de abordar o assunto segundo a perspectiva da Palavra de Deus, e
assim, considerarmos Seus atributos e sermos, porque não dizer, educados, instruídos no tocante à Sua natureza
divina. Quando somos convidados a reflexionarmos a respeito de Deus, estando completamente familiarizados com a
Palavra de Deus, uma das primeiras coisas que nos vem à mente é a respeito da Soberania divina. Tal soberania está
profundamente enraizada em seus atributos, diferentes dos quais são cruciais para a capacidade que Ele tem de reinar
sobre todas as coisas.
Deus é antes de todas as coisas
O livro de Colossenses 1:17 “Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas...”. Antes
não havia nada, senão Deus, O Incriado. O salmista disse que nunca houve um “tempo”
em que Deus não tenha existido, senão vejamos em Salmos 90:2: “Antes que nascessem os montes, ou que
tivesses formado a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade tu és Deus.”
Casa do Oleiro - International Apostolic Ministries
http:/







Aspectos Médicos da Crucificação de Jesus Cristo
Heb 12:2 - "Let us fix our eyes on Jesus, the author and perfecter of our faith, who for the joy set before him endured the cross, scorning its shame, and sat down at the right hand of the throne of God." Hb 12:2 - "Vamos fixar nossos olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé, que para o gozo que lhe suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e sentou-se à destra do trono de Deus. "
In the last few hours of Jesus' life what did He endure, and what shame did He suffer? Nas últimas horas da vida de Jesus o que ele suportou, e que vergonha ele sofreu?
EXCRUCIATE: to cause great agony, torment Excruciar: causar grande agonia, atormentar
Latin : ex : out of, from cruciate : cross Latim: ex: sobre, a partir cruzado: cross
"from the cross" "Da cruz"
The tone of this presentation can best be summarized in the word "excruciate" , (the root of the word "excruciating" ) which refers to something which causes great agony or torment. O tom dessa apresentação poderá ser melhor resumida na palavra "excruciar", (a raiz da palavra "cruciante") a que se refere a algo que causa grande agonia ou tormento. The Latin roots of the word are : "ex" , meaning from or out of, and "cruciate" , meaning cross. As raízes em Latim da palavra são: "ex", ou seja, a partir de ou fora de, e "cruzado", que significa cruz. The word "excruciate" comes from the Latin for "from, or out of, the cross" .(Websters) A palavra "excruciar" vem do latim para "a partir de, ou fora, a cruz". (Websters)
GENERAL OVERVIEW PANORAMA GERAL
Jesus spent the last hours before the crucifixion at several places in Jerusalem. Jesus passou as últimas horas antes da crucificação em diversos lugares em Jerusalém. He started the evening in the Upper Room, in southwest Jerusalem. Ele começou a noite no Cenáculo, no sudoeste de Jerusalém. At the Last Supper, He told the disciples that His body and His blood were to be given for them.( Matt 26: 26-29 ) He went outside of the city to the Garden of Gethesemane. Na Última Ceia, Ele disse aos discípulos que Seu corpo e Seu sangue deviam ser dados por eles (. Mateus 26: 26-29 ) Ele saiu da cidade para o Jardim do Gethesemane. He was then arrested and brought back to the to the palace of the High Priest. Ele foi então preso e levado de volta para o para o palácio do Sumo Sacerdote. where He was questioned by Annas, a former High Priest, and Caiaphas, Annas' son in law . onde Ele foi questionado por Anás, antigo sumo sacerdote, e Caifás, filho de Annas em lei. Afterwards, He was tried by the Sanhedrin, and found to be guilty of blasphemy by proclaiming Himself the Son of God. Mais tarde, Ele foi julgado pelo Sinédrio, e considerado culpado de blasfêmia ao se proclamar Filho de Deus. He was sentenced to the death penalty. Ele foi condenado à pena de morte. Since only the Romans were able to execute criminals, He was sent to Pontius Pilate at the Antonia Fortress. Uma vez que só os romanos foram capazes de executar criminosos, Ele foi mandado a Pôncio Pilatos na fortaleza Antonia. Pilate, not finding anything wrong, sent Him to King Herod , who returned Him back to Pilate. Pilatos, não encontrando nada de errado, mandou-o ao rei Herodes, que devolveu-o a Pilatos. Pilate, submitting to the pressure of the crowd, then ordered that Jesus be flogged and crucified. Pilatos, submetendo-se a pressão da multidão, então ordenou que Jesus fosse chicoteado e crucificado. He was finally led out of the city walls to be crucified at Calvary. Ele foi finalmente conduzido para fora dos muros da cidade para ser crucificado no Calvário.
THE HEALTH OF JESUS AND DEMANDS OF THE ORDEAL DA SAÚDE DE JESUS EA DEMANDA DO SOFRIMENTO
It is reasonable to assume that Jesus was in good health prior to the ordeal that He faced in the hours before His death. É razoável supor que Jesus estava em boa saúde antes do sofrimento que Ele enfrentou nas horas que antecederam a sua morte. Having been a carpenter and traveling throughout the land during His ministry would have required that He would be in good physical condition. Ter sido um carpinteiro e viajando por toda a região durante Seu ministério requeria que Ele estivesse em boas condições físicas. Before the crucifixion, however, He was forced to walk 2.5 miles over a sleepless night, during which He suffered great anguish through His six trials, was mocked, ridiculed and severely beaten, and was abandoned by His friends and Father. Antes da crucificação, entretanto, Ele foi forçado a andar 2,5 milhas mais uma noite sem dormir, durante a qual Ele sofreu grande angustia por seus seis julgamentos, foi escarnecido, ridicularizado e severamente golpeado, e foi abandonado pelos seus amigos eo pai. (Edwards) (Edwards)
THE UPPER ROOM OR CENACULUM O CENÁCULO OU QUARTO SUPERIOR
The ordeal began in an upper room of a house at what we now call the Last Supper, where Jesus, in giving the first communion, predicted that His body and blood would be given.( Matt 26:17-29 ) Today in Jerusalem, one can visit the Cenacle or Cenaculum (Latin for dining hall), a room which is built over what is believed to be the site of the Upper Room, (Kollek) which was located on the southwestern aspect of the old city. O sofrimento começou no Cenáculo de uma casa em que hoje chamamos de a Última Ceia, quando Jesus, ao dar a primeira comunhão, profetizando que Seu corpo e sangue seria dado. ( Mt 26:17-29 ) Hoje em Jerusalém, pode-se visitar o Cenáculo ou Cenaculum (latim para sala de jantar), uma sala que foi construída sobre o que se acredita ser o local do Cenáculo, (Kollek) que está localizado no sudoeste na direção da cidade velha.
GETHESEMANE : oil press GETHESEMANE: imprensa de óleo
Luke 22:44 And being in anguish, he prayed more earnestly, and his sweat was like drops of blood falling to the ground. Lucas 22:44 E, posto em agonia, orava mais intensamente, eo seu suor era como gotas de sangue caindo ao chão.
"the Spirit of God ....crushed" "O Espírito de Deus .... esmagado"
From the upper room, Jesus went outside of the city walls where he spent time in prayer at the Garden of Gethesemane. Desde o Cenáculo, Jesus foi para fora dos muros da cidade aonde passou algum tempo em oração no Jardim das Gethesemane. The garden has many ancient olive trees today, some of which may have grown from the roots of the trees that were present in Jesus' time. O jardim tem muitas antigas árvores de oliva, hoje, alguns dos quais podem ter crescido das raízes das árvores que estavam presentes na época de Jesus. (All trees in and around Jerusalem were cut down when the Romans conquered the city in 70 AD Olive trees can regenerate from their roots and live for thousands of years.) The name "Gethesemane" , comes from the Hebrew Gat Shmanim, meaning "oil press" (Kollek). (Todas as árvores em volta de Jerusalém foram cortadas quando os Romanos conquistaram a cidade em 70 DC Árvores de oliva podem regenerar-se de suas raízes e viver por milhares de anos.) O nome "Gethesemane", vem do hebraico Shmanim Gat, que significa "óleo imprensa "(Kollek). Since "oil" is used in the Bible to symbolize the Holy Spirit, it may be said that the garden is where "the Spirit of God was crushed" .(Missler). Desde que "óleo" é usado na Bíblia para simbolizar o Espírito Santo, pode-se dizer que o jardim é onde "o Espírito de Deus foi esmagado." (Missler). It was here that Jesus agonized in prayer over what was to occur. Foi aqui que Jesus agonizou em oração sobre o que estava para ocorrer. It is significant that this is the only place in the KJV where the word "agony" is mentioned.(Strong's concordance) The Greek word for agony means to be "engaged in combat" (Pink) Jesus agonizes over what He is to go through, feeling that He is at the point of death.(Mark14:34) Yet He prays, "Not my will, but thine be done." É significativo que este é o único lugar no KJV onde a palavra "agonia" é mencionada. (Strong's Concordance) A palavra Grega para agonia significa "empenhado em combate" (Pink) Jesus agonizou sobre o que Ele está a passar por , sentindo que Ele está à beira da morte). (Mark14: 34 Mas Ele orou: "Não a minha vontade, mas a tua".
Of medical significance is that Luke mentions Him as having sweat like blood. De importância medica, é que Lucas menciona Ele tendo suado sangue. The medical term for this, "hemohidrosis" or "hematidrosis" has been seen in patients who have experienced, extreme stress or shock to their systems. O termo médico para isso ", hemohidrosis" ou "hematidrose" tem sido visto em pacientes que tenham extremo, o estresse experimentado ou choque nos seus sistemas. (Edwards) The capillaries around the sweat pores become fragile and leak blood into the sweat. (Edwards) Os capilares em volta dos poros suados tornam-se frágeis e vazamento de sangue no suor. A case history is recorded in which a young girl who had a fear of air raids in WW1 developed the condition after a gas explosion occurred in the house next door.(Scott)) Another report mentions a nun who, as she was threatened with death by the swords of the enemy soldiers, " was so terrified that she bled from every part of her body and died of hemorrhage in the sight of her assailants." (Grafenberg) As a memorial to Jesus' ordeal, a church which now stands in Gethesemane is known as the Church of the Agony. A história do caso é descrito em que uma menina que tinha medo de ataques aéreos na 1 ª Guerra Mundial desenvolveram a doença após uma explosão de gás ocorreu na casa ao lado. (Scott)) Outro relatório menciona uma freira que, como ela foi ameaçado de morte pelas espadas dos soldados inimigos, "estava tão aterrorizada que ela sangrava por toda parte de seu corpo e morreu de hemorragia na presença de seus atacantes." (Grafenberg) Em memorial ao "calvário de Jesus, uma igreja que agora está em Gethesemane é conhecida como a Igreja da Agonia. (also called the Church of the Nations because many nations donated money to its construction.(Kollek) (Também chamada de Igreja das Nações porque muitas nações doaram dinheiro para sua construção. (Kollek)
ABANDONED BY MAN ABANDONADO PELOS HOMENS
Matthew 26:56 : "Then all the disciples deserted him and fled." Mateus 26:56 : "Então todos os discípulos o abandonaram e fugiram".
Psa 22:11 : "Do not be far from me, for trouble is near and there is no one to help." Salmos 22:11 : "Não seja longe de mim, pois a angústia está perto e não há ninguém para ajudar."
While in Gethesemane, Jesus is betrayed by Judas and arrested by the Jews. Enquanto em Gethesemane, Jesus é traído por Judas e preso pelos Judeus. His disciples all desert Him, even at the expense of running away naked ( Mark 14:51-52 ). Seus discípulos o abandonaram, mesmo à custa de correr nu ( Marcos 14:51-52 ). He is bound ( John 18:12 ) then brought back to the city to the court of the High Priest, which is located near the Upper room. Ele é preso ( João 18:12 ) então levado de volta à cidade para o tribunal do Sumo Sacerdote, que está localizada perto do Cenáculo.
ILLEGAL ASPECTS OF THE TRIAL OF JESUS ASPECTOS ILEGAIS DO JULGAMENTO DE JESUS
Following are some of the illegal aspects of the trial of Jesus: Seguem-se alguns dos aspectos ilegais do julgamento de Jesus:
*         Trials could occur only in the regular meeting places of the Sanhedrin (not in the palace of the High Priest) Os julgamentos poderiam ocorrer somente nos lugares de reunião regular do Sinédrio (não no palácio do Sumo Sacerdote)
*         Trials could not occur on the eve of the Sabbath or Feast Days or at night Os julgamentos não podiam ocorrer na véspera do Sabat ou de Festas ou à noite
*         A sentence of 'guilty' might only be pronounced on the day following the trial Uma sentença de "culpado" somente poderia ser pronunciada no dia seguinte ao julgamento
THE ISSUE OF WITNESSES A QUESTÃO DAS TESTEMUNHAS
Deut 19:15 : "One witness is not enough to convict a man accused of any crime or offense he may have committed. A matter must be established by the testimony of two or three witnesses." Dt 19:15 : "Uma testemunha não é suficiente para condenar um homem acusado de qualquer crime ou delito que possa ter cometido testemunhas. A questão deve ser confirmada pelo depoimento de duas ou três."
Deut 17:6 : "On the testimony of two or three witnesses a man shall be put to death, but no one shall be put to death on the testimony of only one witness." Dt 17:06 : "No depoimento de duas ou três testemunhas, um homem deve ser condenado à morte, mas ninguém deve ser condenado à morte no depoimento de apenas uma testemunha".
Mark 14:56 : "Many testified falsely against him, but their statements did not agree." Marcos 14:56 : "Muitos testemunharam falsamente contra ele, mas seus depoimentos não concordavam."
While in the court of the High Priest, He was questioned by Annas ( John 18:13 ) and struck by a soldier ( John 18: 22 ). Enquanto na corte do Sumo Sacerdote, Ele foi questionado por Anás ( João 18:13 ) e golpeado por um soldado ( João 18: 22 ). He was then brought to Caiaphas and the Sanhedrin. Ele foi trazido então a Caifás e ao Sinédrio. who sought to put Jesus to death by the false testimony of many witnesses. que procuraram pôr Jesus à morte pelo testemunho falso de muitas testemunhas. The witnesses brought against Him did not agree. As testemunhas trazidas contra Ele não concordou. By the law, no one could be put to death without the agreement of two or three witnesses. Pela lei, ninguém poderia ser condenado à morte sem o acordo de duas ou três testemunhas. Although the witnesses did not agree, He was found guilty of blasphemy when He told them of His identity as the Son of God. Embora as testemunhas não concordassem, Ele foi considerado culpado de blasfêmia quando Ele lhes disse de Sua identidade como Filho de Deus. He was sentenced to death. Ele foi condenado à morte. Jesus suffered ridicule from the palace guards, who spat on Him, beat Him and slapped Him on the face.( Mark 14:65 .) During the trial, Peter denies Him three times. Jesus sofreu o ridículo dos guardas do palácio, que cuspiram nEle, bateram nEle e esbofetearam Sua cara. ( Marcos 14:65 ). Durante o julgamento, Pedro nega-Lhe três vezes. The proceedings of Jesus' trial violated many of the laws of His society. Os procedimentos do julgamento de Jesus violaram muitas das leis da Sua sociedade. Among some of the other broken laws were:(Bucklin) Entre algumas das outras leis violadas estão: (Bucklin)
1.       Any arrest could not be made at night. Qualquer parada não poderia ser feita à noite.
2.       The time and date of the trial were illegal because it took place at night and on the eve of the Sabbath. A hora ea data do julgamento eram ilegais porque ocorreu à noite e na véspera do sábado. This time precluded any chance for the required adjournment to the next day in the event of a conviction. Desta vez, excluiu qualquer chance para o requerimento da suspensão no dia seguinte em caso de condenação.
3.       The Sanhedrin was without authority to instigate charges. O Sinédrio era sem autoridade para incitar acusações. It was only supposed to investigate charges brought before it. Era somente suposto para investigar acusações trazidas perante ele. In Jesus' trial, the court itself formulated the charges. No julgamento de Jesus, o próprio tribunal formulou as acusações.
4.       The charges against Jesus were changed during the trial. As acusações contra Jesus foram mudadas durante o julgamento. He was initially charged with blasphemy based upon His statement that He would be able to destroy and rebuild the Temple of God within three days, as well as His claim to be the Son of God. Ele foi inicialmente acusado de blasfêmia baseado na sua afirmação de que ele seria capaz de destruir e reconstruir o Templo de Deus dentro de três dias, bem como sua pretensão de ser o Filho de Deus. When He was brought before Pilate, the charge was that Jesus was a King and did not advocate paying taxes to the Romans. Quando Ele foi trazido perante Pilatos, a acusação era que Jesus era um Rei e não defendia o pagamento de impostos para os romanos.
5.       As stated above, the requirement of two witnesses in agreement to merit the death penalty was not met. Como dito acima, a exigência de duas testemunhas de acordo para merecer a pena de morte não foi cumprida.
6.       The court did not meet in the regular meeting place of the Sanhedrin, as required by Jewish law. O tribunal não se encontram no local de reunião regular do Sinédrio, como exigido pela lei judaica.
7.       Christ was not permitted a defense. Cristo não foi permitido uma defesa. Under Jewish law, an exhaustive search into the facts presented by the witnesses should have occurred. Sob a lei judaica, uma busca exaustiva nos fatos apresentados pelas testemunhas deveriam ter ocorrido.
8.       The Sanhedrin pronounced the death sentence. O Sinédrio pronunciou a sentença de morte. Under law, the Sanhedrin were not allowed to convict and put the death sentence into effect. Segundo a lei, ao Sinédrio não era permitido condenar e colocar a pena de morte em efetivo. ( John 18:31 ) ( João 18:31 )
Today, one can visit the palace of the High Priest. Hoje, pode-se visitar o palácio do Sumo Sacerdote. where one can stand in the midst of the ruins of the courtyard. onde um pode ficar no meio das ruínas do pátio. A model of the structure in Jesus' time is available for viewing. Um modelo da estrutura no tempo de Jesus está disponível para visualização.
PILATE'S VERDICT SENTENÇA de Pilatos
Mark 15:15 - "Wanting to satisfy the crowd, Pilate released Barabbas to them. He had Jesus flogged, and handed him over to be crucified." Marcos 15:15 - "querendo satisfazer a multidão, Pilatos soltou-lhes Barrabás crucificado. Tinha Jesus flagelado, e entregou-o para ser."
The Sanhedrin met early the next morning and sentenced Him to death. O Sinédrio reuniu-se cedo na manhã seguinte e sentenciou à morte. ( Matthew 27:1 ) Because the Jews were not, and the Romans were, able to carry out an execution, Jesus was brought before Pilate. ( Mateus 27:1 ) Porque os judeus não eram, e os romanos foram, capaz de realizar uma execução, Jesus foi levado diante de Pilatos. The charge was now changed to an allegation that Jesus claimed to be King and forbade the nation to pay taxes to Caesar. A acusação foi agora mudada para a alegação que Jesus reivindicava ser Rei e proibia a nação de pagar impostos a César. ( Luke 23:5 ) In spite of all the charges, Pilate finds nothing wrong. ( Lucas 23:05 ) Apesar de todas as acusações, Pilatos não encontrou nada errado. He sends Jesus to Herod. Ele manda Jesus a Herodes. Jesus is speechless before Herod, except to affirm that He is King of the Jews. Jesus ficou calado perante Herodes, exceto para afirmar que Ele é o Rei dos Judeus. Herod sends Him back to Pilate. Herodes manda de volta para Pilatos. Pilate is unable to convince the crowds of Jesus' innocence and orders Jesus to be put to death. Pilatos é incapaz de convencer as multidões da inocência de Jesus e Jesus ordens para ser condenado à morte. Some sources state that it was Roman law that a criminal that was to be crucified had to be flogged first.(McDowell) Others believe that Jesus was flogged first by Pilate in the hope of getting Him off with a lighter punishment .(Davis) In spite of his efforts, the Jews allow Barabbas to be released and demand that Jesus be crucified, even crying that , "His blood be on us and on our children!" ( Matthew 27:25 ) Pilate hands Jesus over to be flogged and crucified. Algumas fontes indicam que era lei romana, que um criminoso que estava para ser crucificado teria que primeiro ser chicoteado. (McDowell) Outros acreditam que Jesus foi primeiramente chicoteado por Pilatos na esperança de conseguir que ele fora com uma punição mais leve. (Davis) Em Apesar de seus esforços, os Judeus permitiram que Barrabás fosse liberado e exigiram que Jesus fosse crucificado, ainda gritando que, "Seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos!" ( Mateus 27:25 ) Pilatos entrega Jesus para ser chicoteado e crucificado .
It is at this point that Jesus suffers a severe physical beating. É neste momento que Jesus sofre um violento espancamento físico. (Edwards) During a flogging, a victim was tied to a post, leaving his back entirely exposed. (Edwards) Durante as chicotadas, a vitima era amarrada a um poste, deixando suas costas inteiramente exposta. The Romans used a whip, called a flagrum or flagellum which consisted of small pieces of bone and metal attached to a number of leather strands. Os romanos usavam um chicote, chamado flagrum ou flagelo que consistia de pequenos pedaços de osso e metal unidos a vários cordões de couro. The number of strikes is not recorded in the gospels. O número de chicotadas não é registrado nos evangelhos. The number of blows in Jewish law was set in Deuteronomy 25:3 at forty, but later reduced to 39 to prevent excessive blows by a counting error. O número de golpes na lei judia foi estabelecido em Deuteronômio 25:3 em quarenta, mas mais tarde reduzido a 39 para prevenir golpes excessivos por um erro de contagem. (Holmans). (Holmans). The victim often died from the beating. A vítima frequentemente morria por causa do espancamento. (39 hits were believed to bring the criminal to "one from death" .) Roman law did not put any limits on the number of blows given. (39 golpes acreditava-se trazer o criminoso a "um da morte".) A lei romana não colocava nenhum limite sobre o número de golpes a se dar. (McDowell) During the flogging, the skin was stripped from the back, exposing a bloody mass of muscle and bone ( "hamburger " : Metherall). (McDowell) Durante as chicotadas, a pele era arrancada das costas, expondo uma massa ensanguentada de músculo e osso ("hambúrguer": Metherall). Extreme blood loss occurred from this beating, weakening the victim. Grande perda de sangue ocorreu de espancamento, enfraquecendo a vítima. perhaps to the point of being unconscious. talvez ao ponto de ficar inconsciente.
ROMAN SOLDIERS MOCK AND BEAT JESUS SOLDADOS ROMANOS Mock e JESUS BEAT
Matthew 27:28-30 (The soldiers) stripped him and put a scarlet robe Mateus 27:28-30 (Os soldados) o destituiu e colocou um manto escarlate on him and then twisted together a crown of thorns and set it on his head. sobre ele e então trançaram uma coroa de espinhos e fixaram em sua cabeça. They put a staff in his right hand and knelt in front of him and mocked him. "Hail, king of the Jews!" they said. Eles colocaram um bastão na mão direita e ajoelharam-se diante dele e zombaram dele. "Salve, rei dos judeus!", Disseram. They spit on him, and took the staff and struck him on the head again and again. Eles cuspiram nEle, e pegaram o cajado e bateu-lhe na cabeça uma e outra vez. Jesus was then beaten by the Roman soldiers. Jesus foi então espancado pelos soldados romanos. In mockery, they dressed Him in what was probably the cloak of a Roman officer, which was colored dark purple or scarlet .(Amplified Bible) He also wore the crown of thorns. Na paródia, eles vestiram-no que era provavelmente a capa de um oficial romano, que era de cor roxo escuro ou escarlate. (Bíblia Amplificada) Ele também usava a coroa de espinhos. Unlike the traditional crown which is depicted by an open ring, the actual crown of thorns may have covered the entire scalp.(Lumpkin) The thorns may have been 1 to 2 inches long. Ao contrário da tradicional coroa, que é descrita por um anel aberto, a verdadeira coroa de espinhos pode ter coberto o escalpo inteiro. (Lumpkin) Os espinhos podem ter sido 1-2 centímetros de comprimento. The gospels state that the Roman soldiers continued to beat Jesus on the head. Os evangelhos indicam que os soldados romanos continuamente bateram na cabeça de Jesus. The blows would drive the thorns into the scalp (one of the most vascular areas of the body) and forehead, causing severe bleeding. Os golpes dirigiram os espinhos para dentro do escalpo (uma das áreas mais vascular do corpo) e na testa, causando sangramento severo.
THE CROWN OF THORNS AND THE ROBE A COROA DE espinhos eo manto de
Genesis 3:17-18 : "Cursed is the ground because of you; through painful toil you will eat of it all the days of your life. It will produce thorns and thistles for you, and you will eat the plants of the field." Isaiah 1:18 "Come now, let us reason together," says the LORD. "Though your sins are like scarlet, they shall be as white as snow; though they are red as crimson, they shall be like wool." The significance of the scarlet robe and crown of thorns is to emphasize Jesus' taking the sins of the world upon His body. Gênesis 3:17-18 : "Maldita é a terra por tua causa; com sofrimento você se alimentará dela todos os dias da sua vida de campo. Ela te produzirá espinhos e abrolhos, e você vai comer as plantas da. " Isaías 1:18 "Vinde, pois, arrazoemos, diz o SENHOR." Embora os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve, que são vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. apesar de "O significado do manto escarlate ea coroa de espinhos é para enfatizar Jesus tomando os pecados do mundo sobre Seu corpo. The Bible describes sin by the color of scarlet ( Is 1:18 ) and that thorns first appeared after the fall, as a sign of the curse. A Bíblia descreve o pecado pela cor escarlata ( Isaías 1:18 ) e aqueles espinhos que apareceram após a queda, como um sinal da maldição. Thus, the articles that He wore are symbols to show that Jesus took on the sins (and the curse) of the world upon Himself. Assim, os artigos que Ele usou são símbolos para mostrar que Jesus tomou os pecados (e maldições) do mundo sobre si mesmo. It is not clear that He wore the crown of thorns on the cross. Não está claro se Ele usou a coroa de espinhos na cruz. Matthew describes that the Romans removed His clothes after the beating, and that they put His own clothes back on Him. Mateus descreve que os romanos removeram Suas roupas depois do espancamento, e então colocaram Suas próprias roupas de novo nEle. ( Matt 27:31 ) ( Mateus 27:31 )
THE SEVERITY OF THE BEATING A severidade do espancamento
Isaiah 50:6 : "I offered my back to those who beat me, my cheeks to those who pulled out my beard; I did not hide my face from mocking and spitting." Isaías 50:6 : "Ofereci as minhas costas àqueles que me bater, as minhas faces aos que me arrancavam a barba; não escondi o meu rosto e me cuspiam."
Isaiah 52:14 : "..... Just as there were many who were appalled at him -- his appearance was so disfigured beyond that of any man and his form marred beyond human likeness--" Isaías 52:14 : "..... Assim como houve muitos que ficaram estarrecidos com ele - sua aparência estava tão desfigurado que a de qualquer homem e sua forma marcada para além da aparência humana - "
The severity of the beating is not detailed in the gospels. A severidade do espancamento não é detalhada nos evangelhos. However, in the book of Isaiah, it suggests that the Romans pulled out His beard.( Isaiah 50:8 ) . No entanto, no livro de Isaías, ele sugere que os romanos arrancaram Sua barba. ( Isaías 50:8 ). It is also mentions that Jesus was beaten so severely that His form did not look like that of " a son of a man" ie that of a human being. Também é mencionado que Jesus foi espancado tão severamente que seu aspecto não parecia como o de "filho de um homem", ou seja a de um ser humano. The literal translation of the verse reads, " So marred from the form of man was His aspect, that His appearance was not as that of a son of a man. " A tradução literal do versículo diz, "tão desfigurado a partir da forma do homem era seu aspecto, que sua aparência não era como a de um filho de um homem." People were appalled to look at Him ( Isaiah 52:13 ). As pessoas ficaram horrorizadas ao olhar para Ele ( Isaías 52:13 ). His disfigurement may explain why He was not easily recognized in His post resurrection appearances.(Missler) Today, one can visit a site known as the Lithostrotos, traditionally believed to be the floor of the Antonio Fortress.(although recent excavations may cast doubt on this theory (Gonen)) The floor is marked for games once played by the Roman soldiers Seu desfiguramento talvez explique por que Ele não foi reconhecido facilmente em Suas aparições pós ressurreição. (Missler) Hoje, pode-se visitar um site conhecido como o Lithostrotos, tradicionalmente acredita-se ser o chão da Fortaleza de Antônio. (Apesar de recentes escavações podem lançar dúvidas sobre esta teoria (Gonen)) O chão está marcado para jogos uma vez jogados por soldados romanos
From the beating, Jesus walked on a path, now known as the Via Dolorosa or the " way of suffering ", to be crucified at Golgotha. Do espancamento, Jesus andou num trajeto, agora conhecida como a Via Dolorosa ou o "caminho do sofrimento", para ser crucificado em Gólgota. The total distance has been estimated at 650 yards. A distância total tem sido estimada em 650 metros. (Edwards). (Edwards). A narrow street of stone, it was probably surrounded by markets in Jesus' time. Uma rua estreita de pedra, era provavelmente cercada por mercados no tempo de Jesus. He was led through the crowded streets carrying the crossbar of the cross(called a patibulum) across His shoulders. Ele foi conduzido através das ruas aglomeradas de gente carregando a barra transversal da cruz (chamada patibulum) sobre os seus ombros. The crossbar probably weighed between 80 to 110 pounds. A barra transversal provavelmente pesava entre 80 a 110 libras. He was surrounded by a guard of Roman soldiers, one of which carried a titulus, a sign which announced His crime of being "the King of the Jews" in Hebrew, Latin and Greek. Ele estava cercado por uma guarda de soldados romanos, um dos quais carregava um titulus, um sinal que anunciava Seu crime o de ser "o Rei dos Judeus" em hebraico, latim e grego. On the way, He was unable to carry the cross. No caminho, ele foi incapaz de carregar a cruz. Some theorize that he may have fallen while going down the steps of the Antonio Fortress. Alguns teorizam que Ele talvez tenha caído ao ir descendo os degraus da Fortaleza de Antônio. A fall with the heavy patibulum on His back may have led to a contusion of the heart, predisposing His heart to rupture on the cross. Uma queda com o pesado patibulum nas Suas costas talvez tenha causado uma contusão do coração, predispondo Seu coração a ruptura na cruz. (Ball) Simon of Cyrene (currently North Africa (Tripoli)), who apparently was affected by these events, was summoned to help. (Ball) Simão o Cireneu (atualmente norte da África (Tripoli)), que aparentemente foi afetado por estes eventos, foi intimado a ajudar.
The present Via Dolorosa was marked in the 16th century as the route over which Christ was led to His crucifixion.(Magi) As is the location of Calvary, the true location of the Via Dolorosa is disputed. A presente Via Dolorosa foi marcada no século 16 sendo a rota na qual Cristo foi conduzido a Sua crucificação. (Magi) Quanto a localização do Calvário, a verdadeira localização da Via Dolorosa é disputada. Much tradition as to what happened to Jesus is encountered on the Via Dolorosa today. Muita da tradição, como o que aconteceu a Jesus é encontrada na Via Dolorosa hoje. There are 14 stations of 'events' that occurred and 9 churches on the way today. Há 14 estações de "eventos" que ocorreram e 9 igrejas no caminho hoje. The stations of the cross were established in the 1800's. As estações da cruz foram estabelecidas em 1800. (Magi) Today, there is one section of the path where one can walk on the stones which were used during Jesus time. (Magi) Hoje, há uma seção no trajeto onde se pode caminhar sobre as pedras que foram usadas durante o tempo de Jesus.
SUFFERING ON THE CROSS Sofrimento na cruz
Psalm 22:16-17 : Dogs have surrounded me; a band of evil men has encircled me, they have pierced my hands and my feet. Salmo 22:16-17 : Cães me cercam; um bando de homens mal cercou-me, traspassaram-me as mãos e os pés. I can count all my bones; people stare and gloat over me." Posso contar todos os meus ossos; olhar as pessoas e tripudiar em cima de mim ".
The crucifixion event is prophesied in several places throughout the Old Testament. O evento da crucificação é profetizado em diversos lugares por todo o Velho Testamento. One of the most striking is recorded in Isaiah 52:13 ,where it says that , "My servant will act wisely (or prosper) .He will be raised and lifted up and greatly exalted." In John 3, Jesus talks about His fulfillment of that prophecy when He says, "Just as Moses lifted up the snake in the desert, so the Son of Man must be lifted up that everyone who believes in Him may have eternal life." He refers to the events recorded in Numbers 21:6-9 . Uma das mais marcantes é registrado em Isaías 52:13 , onde diz que: "O meu servo procederá com prudência (ou prosperar). Ele será levantado e erguido para cima e muito exaltado." Em João 3, Jesus fala sobre o cumprimento dessa profecia quando Ele diz: "Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, assim o Filho do Homem seja levantado, que todos os que nele crê tenha a vida eterna." Ele se refere aos acontecimentos registados em Números 21: 09/06 . The Lord had sent a plague of fiery serpents on the people of Israel and they bit the people so that many of the people died. O Senhor tinha mandado uma praga de serpentes impetuosas no povo de Israel e morderam o povo de modo que muitas pessoas morreram. After the people confessed their sin to Moses, the Lord for gave them by having a bronze serpent made. Depois que o povo confessou seus pecados a Moisés, o Senhor deu-lhes por terem feito uma serpente de bronze. Bronze is a symbol for judgment and the serpent is a symbol of the curse. O bronze é um símbolo para o julgamento ea serpente é um símbolo da maldição. Whoever was bitten by a serpent and then looked at the bronze serpent, was saved from death.. Quem foi mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze, foi salvo da morte .. These verses are prophecies that point to the crucifixion, in the Jesus would be (lifted up ) on the cross for the judgment of sin, so that whoever believed in Him should not die (an eternal death), but live an eternal life. II Cor 5 :21 amplifies this point, in that "He (the Father) made Him who knew no sin (the Son) to be sin on our behalf, so that we might become the righteousness of God in Him." (Pink) It is interesting that the sign of Aesculapius which is the symbol of the medical profession today, had its roots from the making of the bronze serpent.(Metherall) Indeed, Jesus is the healer of all! Estes versos são profecias que apontam para a crucificação, em que Jesus seria (levantado) na cruz para julgamento do pecado, para que todo aquele que acredita n'Ele não pereça, (a morte eterna), mas tenha a vida eterna. II Coríntios 5: 21 Amplifica este ponto, em que "Ele (o Pai) fez Aquele que não conheceu pecado (o filho) para ser o pecado em nosso favor, para que nos tornássemos justiça de Deus nele." (Pink) É É interessante que o sinal de Esculápio, que é o símbolo da profissão médica hoje, teve suas raízes da fabricação da serpente de bronze. (Metherall) De fato, Jesus é o curador de todos! Jesus is led to the place of the skull (Latin Calvary, Aramaic :Golgotha) to be crucified. Jesus é levado ao lugar da caveira (Latim Calvário, Aramaico: Golgota) para ser crucificado. The actual location of Calvary is also in dispute. A atual localização do Calvário está também em disputa. At the end of the Via Dolorosa, there is a "T intersection" . No final da Via Dolorosa, há uma "T bifurcação". If one turns left, we go to the Church of the Holy Sepulcher. Se alguém vira à esquerda, vamos para a Igreja do Santo Sepulcro. If one turns to the right, one goes to Gordon's Calvary. Se um se vira para a direita, nós iremos ao Calvário de Gordon. The Church of the Holy sepulcher has long been believed to be the traditional site of the crucifixion. A Igreja do Santo Sepulcro foi durante muito tempo acredita-se ser o local tradicional da crucificação.
Gordon's Calvary has a possible prophetic reason for being the actual site of the crucifixion .In Genesis 22, Abraham is tested by God to sacrifice Isaac on the top of a mountain. Calvário de Gordon possivelmente tem uma razão profética para ser o local da crucificação. Em Gênesis 22, Abraão é testado por Deus para sacrificar Isaque no topo de uma montanha. Realizing that he is acting out a prophecy, that "God Himself will provide a Lamb" , Abraham calls the place of the event "Jehovah Jireh" , meaning "In the mount of the Lord it shall be seen." If we take this as a prophetic event of Jesus' death, then Jesus' died on the high ground of Jerusalem. Percebendo que ele está agindo fora da profecia, que "Deus proverá para si o Cordeiro", Abraão chama o lugar do evento "Jeová Jiré", que significa "No monte do Senhor deve ser visto." Se tomarmos isso como um evento profético da morte de Jesus, então Jesus morreu no terreno mais elevado de Jerusalém. Gordon's Calvary is the highest point of Jerusalem, 777 meters above sea level.(Missler: Map from Israel tour book) Today, at Gordon's Calvary, caves in the rock are situated which give the site the appearance of a skull. Calvário de Gordon é o ponto mais alto de Jerusalém, 777 metros acima do nível do mar. (Missler: Mapa de Israel tour book) Hoje em dia, no Calvário de Gordon, as cavernas na rocha estão situadas no local que dão a aparência de uma caveira.
Jesus was then crucified. Jesus foi então crucificado. Crucifixion was a practice that originated with the Persians and was later passed on to the Carthaginians and the Phoenicians. A crucificação era uma prática que se originou com os Persas e foi mais tarde transferido para os cartagineses e fenícios. The Romans perfected it as a method of execution which caused maximal pain and suffering over a period of time. Os romanos aperfeiçoaram como um método de execução o qual causava máxima dor e sofrimento ao longo de um período de tempo. Those crucified included slaves, provincials and the lowest types of criminals. Os crucificados incluíam escravos, provincianos e os tipos mais baixos de criminosos. Roman citizens, except perhaps for soldiers who deserted, were not subjected to this treatment. cidadãos romanos, exceto talvez para soldados que desertavam, não eram sujeitados a esse tratamento. (McDowell) (McDowell)
The crucifixion site "was purposely chosen to be outside the city walls because the Law forbade such within the city walls...for sanitary reasons ... the crucified body was sometimes left to rot on the cross and serve as a disgrace, a convincing warning and deterrent to passers by." (Johnson) Sometimes, the subject was eaten while alive and still on the cross by wild beasts. O local da crucificação "era escolhido propositadamente para ser fora dos muros da cidade porque a Lei proibia tais dentro das muralhas da cidade ... por razões sanitárias ... o corpo crucificado era, por vezes deixado para apodrecer na cruz e servir como uma desonra, um convincente aviso e dissuasivo para os transeuntes. "(Johnson) Às vezes, o assunto era comido quando vivo e ainda na cruz por bestas selvagens. (Lipsius) (Lipsius)
The procedure of crucifixion may be summarized as follows. O Procedimento da crucificação pode ser resumido da seguinte forma. The patibulum was put on the ground and the victim laid upon it. O patibulum era colocado no chão ea vítima colocada em cima dele. Nails, about 7 inches long and with a diameter of 1 cm ( roughly 3/8 of an inch) were driven in the wrists . Pregos, cerca de 7 centímetros de comprimento e com um diâmetro de 1 cm (cerca de 3 / 8 de polegada) foram cravados nos pulsos. The points would go into the vicinity of the median nerve, causing shocks of pain to radiate through the arms. Os pontos entrariam na proximidade do nervo mediano, causando que choques de dor fosse irradiado por todo o braço. It was possible to place the nails between the bones so that no fractures (or broken bones) occurred. Era possível colocar os pregos entre os ossos de modo que nenhuma fratura (ou ossos quebrados) ocorreu. Studies have shown that nails were probably driven through the small bones of the wrist, since nails in the palms of the hand would not support the weight of a body. Estudos têm mostrado que os pregos provavelmente estiveram cravados através dos ossos pequenos do pulso, desde que pregos na palma da mão não suportariam o peso de um corpo. In ancient terminology, the wrist was considered to be part of the hand. Em terminologia antiga, o pulso era considerado parte da mão. (Davis) Standing at the crucifixion sites would be upright posts, called stipes, standing about 7 feet high.(Edwards) In the center of the stipes was a crude seat, called a sedile or sedulum, which served a support for the victim. (Davis) permanente nos locais de crucificação estariam postes, postes chamada, estando cerca de 7 metros de altura. (Edwards) No centro dos postes estava um assento bruto, chamado de sedile ou sedulum, que servia como suporte para a vítima. The patibulum was then lifted on to the stipes. O patibulum era então levantado sobre os postes. The feet were then nailed to the stipes. Os pés eram então pregados aos postes. To allow for this, the knees had to be bent and rotated laterally, being left in a very uncomfortable position. Para permitir isto, os joelhos teriam que ser dobrados e girados lateralmente, deixando em uma posição muito desconfortável. The titulus was hung above the victim's head. O titulus era pendurado sobre a cabeça da vítima.
There were several different types of crosses used during crucifixion. Havia diversos tipos diferentes de cruzes usadas nas crucificações. In Jesus' time, it was most likely that the cross used was a T shaped (or tau cross,), not the popular Latin, or t shaped cross which is accepted today.(Lumpkin) No tempo de Jesus, era mais provável que a cruz usada fosse no formato de T (ou "tau" cruz,), e não o latim popular, ou em forma de cruz t, que é aceito hoje. (Lumpkin)
PHYSICAL SUFFERING ON THE CROSS SOFRIMENTO FÍSICO NA CRUZ
Psalm 22:14-15 : "I am poured out like water, and all my bones are out of joint. My heart has turned to wax; it has melted away within me. My strength is dried up like a potsherd, and my tongue sticks to the roof of my mouth; you lay me in the dust of death." Salmos 22:14-15 : sou derramado como água, e todos os meus ossos estão fora do comum. meu coração "voltou-se para cera, derreteu-se dentro de mim. A minha força se secou como um caco, ea minha língua varas para o telhado da minha boca; que você me no pó da morte ".
Having suffered from the beatings and flogging, Jesus suffered from severe hypovolemia from the loss of blood. Tendo sofrido pelo espancamento e pelas chicotadas, Jesus sofreu de severa hipovolemia pela perda de sangue. The verses above describe His dehydrated state and loss of His strength. Os versos acima descrevem Seu estado desidratado ea perda de Sua força.
When the cross was erected upright, there was tremendous strain put on the wrists, arms and shoulders, resulting in a dislocation of the shoulder and elbow joints.(Metherall) The arms, being held up and outward, held the rib cage in a fixed end inspiratory position which made it extremely difficult to exhale, and impossible to take a full breath. Quando a cruz era erguida verticalmente, havia uma tremenda tensão posta sobre os pulsos, braços e ombros, resultando em um deslocamento das articulações do ombro e cotovelo. (Metherall) Os braços, sendo preso para cima e para fora, prendendo a caixa torácica numa fixa posição final inspiratória na qual dificulta extremamente o exalar, e impossibilitava ter uma respiração completa. The victim would only be able to take very shallow breaths.(This may explain why Jesus made very short statements while on the cross). A vítima só seria capaz de respirar muito raso. (Isso pode explicar por que Jesus fez declarações muito pouco tempo na cruz). As time passed, the muscles, from the loss of blood, last of oxygen and the fixed position of the body, would undergo severe cramps and spasmodic contractions Conforme o tempo passava, os músculos, a partir da perda de sangue, de oxigênio e posição fixa do corpo, passariam por severas cãibras e contrações espasmódicas
ABANDONED BY GOD -- SPIRITUAL DEATH ABANDONADO POR DEUS - MORTE ESPIRITUAL
Matthew 27:46 : "About the ninth hour Jesus cried out in a loud voice, "Eloi, Eloi, lama sabachthani?'--which means, My God, my God, why have you forsaken me?" Mateus 27:46 : Sobre a hora nona, bradou Jesus em um alto, de voz "Eloí, Eloí, lama? sabachthani" '- o que significa, Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste? "
With the sin of the world upon Him, Jesus suffered spiritual death (separation from the Father ). Isaiah 59:2 says that sins cause a separation from God, and that He hides His face from you so that He does not hear. Com o pecado do mundo sobre Ele, Jesus sofreu a morte espiritual (separação do Pai). Isaías 59:2 diz que o pecado causa separação de Deus e que Ele esconde seu rosto de vós, para que Ele não ouve. The Father must turn away from His Beloved Son on the cross. O Pai teve que virar as costas ao Seu Filho Amado na cruz. For the first time, Jesus does not address God as His Father.(Courson) Pela primeira vez, Jesus não dirige a Deus como Pai. (Courson)
DEATH BY CRUCIFIXION : SLOW SUFFOCATION MORTE POR CRUCIFICAÇÃO: lentamente asfixiado
*       Shallowness of breathing causes small areas of lung collapse. Superficialidade da respiração faz com que pequenas áreas de colapso pulmonar.
*       Decreased oxygen and increased carbon dioxide causes acidic conditions in the tissues. Diminuição do oxigênio e dióxido de carbono aumentaram causando acides nos tecidos.
*       Fluid builds up in the lungs. Líquido se acumula nos pulmões. Makes situation in step 2 worse. Torna a situação pior na etapa 2.
*       Heart is stressed and eventually fails. O coração é estressado e eventualmente falhar.
The slow process of suffering and resulting death during a crucifixion may be summarized as follows: O lento processo do sofrimento e conseqüente morte durante a crucificação pode ser resumido da seguinte forma:
"...it appears likely that the mechanism of death in crucifixion was suffocation. The chain of events which ultimately led to suffocation are as follows: With the weight of the body being supported by the sedulum, the arms were pulled upward. This caused the intercostal and pectoral muscles to be stretched. Furthermore, movement of these muscles was opposed by the weight of the body. With the muscles of respiration thus stretched, the respiratory bellows became relatively fixed. As dyspnea developed and pain in the wrists and arms increased, the victim was forced to raise the body off the sedulum, thereby transferring the weight of the body to the feet. Respirations became easier, but with the weight of the body being exerted on the feet, pain in the feet and legs mounted. When the pain became unbearable, the victim again slumped down on the sedulum with the weight of the body pulling on the wrists and again stretching the intercostal muscles. Thus, the victim alternated between lifting his body off the sedulum in order to breathe and slumping down on the sedulum to relieve pain in the feet. Eventually , he became exhausted or lapsed into unconsciousness so that he could no longer lift his body off the sedulum. In this position, with the respiratory muscles essentially paralyzed, the victim suffocated and died. (DePasquale and Burch) "... Parece provável que o mecanismo da morte na crucificação era asfixia:. A cadeia de eventos que conduziu à asfixia são as seguintes o peso do corpo a ser suportado pelo sedulum, os braços eram puxados para cima. Com Isso causou os músculos intercostais e peitoral a ser esticado. Além disso, o movimento destes músculos era oposto pelo peso do corpo. Com os músculos respiratórios esticados assim, a respiração torna-se relativamente fixa. Como dispnéia e dor nos pulsos e braços aumentam , a vítima foi forçada a levantar o corpo do sedulum, transferindo o peso do corpo até os pés. Respirations ficou mais fácil, mas com o peso do corpo a ser exercida sobre os pés, dores nos pés e pernas aumentava. Quando a dor se tornou insuportável, a vítima novamente sentado no sedulum com o peso do corpo puxando os pulsos e outra vez esticando os músculos intercostal. Assim, a vítima alterna entre levantar seu corpo do sedulum a fim de respirar e repentinamente abaixando no sedulum para aliviar a dor nos pés. Eventualmente, ele tornou-se esgotado ou fica inconsciente de modo que ele não poderia mais levantar seu corpo do sedulum. Nesta posição, com os músculos respiratórios essencialmente paralisados, a vitima sufocava e morria. (DePasquale e Burch)
Due to the shallow breathing, the victim's lungs begin to collapse in small areas. Devido à respiração, os pulmões da vítima começa a entrar em colapso em pequenas áreas. causing hypoxia and hypercarbia. causando hipoxia e hipercarbia. A respiratory acidosis, with lack of compensation by the kidneys due to the loss of blood from the numerous beatings, resulted in an increased strain on the heart, which beats faster to compensate. A acidose respiratória, com a falta de compensação pelos rins devido a perda de sangue de numerosas surras, resultou em um aumento da tensão sobre o coração, que bate mais rápido para compensar. Fluid builds up in the lungs. Líquido se acumula nos pulmões. . . Under the stress of hypoxia and acidosis the heart eventually fails. Sob o stress da hipoxia e acidose o coração eventualmente falha. There are several different theories on the actual cause of death. Há várias teorias diferentes sobre a causa real da morte. One theory states that there was a filling of the pericardium with fluid, which put a fatal strain on the ability of the heart to pump blood (Lumpkin). Uma teoria declara que houve um enchimento do pericárdio com líquido, que pôs uma pressão fatal na habilidade do coração para bombear o sangue (Lumpkin). Another theory states that Jesus died of cardiac rupture." (Bergsma) The actual cause of Jesus' death, however, "may have been multifactorial and related primarily to hypovolemic shock, exhaustion asphyxia and perhaps acute heart failure." (Edwards) A fatal cardiac arrhythmia may have caused the final terminal event. (Johnson, Edwards) Outra teoria afirma que Jesus morreu de ruptura cardíaca. "(Bergsma) A real causa da" morte de Jesus, no entanto, "pode ter sido multifatorial e está relacionada principalmente ao choque hipovolêmico, asfixia por exaustão e insuficiência cardíaca aguda, talvez." (Edwards) Uma fatal arritmia cardíaca pode ter causado o evento terminal final. (Johnson, Edwards)
A LAST DRINK OF WINE VINEGAR Um último gole de vinagre de vinho
John 19:29-30 "A jar of wine vinegar was there, so they soaked a sponge in it, put the sponge on a stalk of the hyssop plant, and lifted it to Jesus' lips." When he had received the drink, Jesus said, `It is finished'. "With that, he bowed his head and gave up his spirit." João 19:29-30 "Um frasco de vinagre de vinho estava lá, então embeberam uma esponja nela, colocaram a esponja em uma haste da planta de hissopo, e levantou-a para" lábios de Jesus. "Quando ele recebeu a bebida, Jesus disse: «Tudo está consumado '." Com isso, ele abaixou a cabeça e entregou o espírito. "
Having suffered severe blood losses from His numerous beatings and thus in a dehydrated state, Jesus, in one of His final statements, said "I thirst. " Tendo sofrido severa perda de sangue de suas numerosos espancamentos e, portanto, em um estado desidratado, Jesus, em uma de suas últimas declarações, disse: "Tenho sede". He was offered 2 drinks on the cross. Foi 2 vezes oferecido bebida na cruz. The first, which He refused, was a drugged wine (mixed with myrrh). A primeira, na qual Ele recusou, era vinho drogado (misturado com mirra). He chose to face death without a clouded mind. Ele escolheu enfrentar a morte sem uma mente nublada. Edersheim writes: Edersheim escreve:
"It was a merciful Jewish practice to give to those led to execution a draught of strong wine mixed with myrrh so as to deaden consciousness" (Mass Sem 2.9; Bemid. R. 10). "Foi uma prática judaica misericordioso para dar aqueles conduzidos a execução de um projecto de forte vinho misturado com mirra para entorpecer a consciência" (Mass Sem 2.9;. Bemid R. 10). This charitable office was performed at the cost of, if not by, an association of women in Jerusalem (Sanh. 43a). Esta função caritativa era realizada à custa de, se não por, uma associação de mulheres em Jerusalém (Sanh 43a). The draught was offered to Jesus when He reached Golgotha. O projecto foi oferecido a Jesus quando Ele alcançou Gólgota. But having tasted it....He would not drink it. Mas tendo provado .... Ele não quis beber. ....He would meet Death, even in his sternest and fiercest mood, and conquer by submitting to the full....(p.880). .... Ele encontraria a morte, mesmo em seu humor mais ferozes e severos, e conquistar submetendo-se ao máximo ....( p.880).
The second drink, which He accepts moments before His death, is described as a wine vinegar. A segunda bebida, a qual Ele aceita momentos antes da Sua morte, é descrita como um vinagre de vinho. Two points are important to note. Dois pontos são importantes para a nota. The drink was given on the "stalk of a hyssop plant" . A bebida foi dada em "cana da planta de hissopo". Remember that these events occurred at the Feast of the Passover. Lembre-se que estes eventos ocorreram na festa da Páscoa. During this feast, ( Exod 12:22 ) hyssop was used to apply the blood of the Passover lamb to the wooden doorposts of the Jews. Durante esta festa, ( Êxodo 12:22 ) hissopo foi usado para aplicar o sangue do cordeiro da Páscoa nos umbrais de madeira dos judeus. It is interesting the end of this hyssop stalk pointed to the blood of the Perfect Lamb which was applied to the wooden cross for the salvation of all mankind. É interessante o final desta cana de hissopo apontando para o sangue do cordeiro perfeito o qual foi aplicado para a cruz de madeira para a salvação de toda a humanidade. (Barclay) In addition, the wine vinegar is a product of fermentation, which is made from grape juice and yeast. (Barclay) Além disso, o vinagre é um produto da fermentação, que é feito de suco de uva e fermento. The word literally means "that which is soured" and is related to the Hebrew term for "that which is leavened" . A palavra significa literalmente "o que é azedado" e está relacionada com o termo hebraico para "o que é levedado". (Holmans) Yeast or leaven, is a Biblical symbol of sin. (Holmans) de fermento ou levedura, é um símbolo Bíblico do pecado. When Jesus took this drink, (ie a drink which was "leavened" ) it is thus symbolic of His taking the sins of the world into His body. Quando Jesus tomou esta bebida, (ou seja, uma bebida que era "levedada") assim sendo simbólico Dele tomando os pecados do mundo em seu corpo.
CELEBRATION OF THE OPPOSITION CELEBRAÇÃO DA OPOSIÇÃO
SPIRITUAL WARFARE Guerra Espiritual
Psalm 22:12-13 : "Many bulls surround me; strong bulls of Bashan encircle me. Roaring lions tearing their prey open their mouths wide against me." Salmo 22:12-13 : "me cercam; fortes touros de Basã de cercar. Muitos me rasgando leões rugindo suas presas abrir suas bocas o contra mim. touros"
While He was on the cross, darkness covered the land (noon to three pm). Enquanto Ele estava na cruz, trevas cobriram a terra (meio-dia às três horas). Jesus, in Luke 22:53 , associates those who arrested Him with the power of darkness. Jesus, em Lucas 22:53 , associados aqueles que o prenderam com o poder das trevas. Where were the evil forces while Jesus was on the cross? Onde estavam as forças do mal enquanto Jesus estava na cruz? The verses above from Psalm 22 seem out of place when first read. Os versos acima do Salmo 22 parece fora do lugar quando primeiramente se lê. There seems to be no mention of "bulls" and "lions" around the cross. Não parece haver nenhuma menção de "touros" e "leões" em volta da cruz. The verses, however, have a deeper meaning.(Courson) Bashan was an area to the east of the Jordan River which was famous for its fertility. Os versos, entretanto, têm um significado mais profundo. (Courson) Basã era uma área a leste do rio Jordão, que ficou famoso por sua fertilidade. Cattle were raised there which grew to enormous sizes. O gado era criado lá o qual cresciam a tamanhos enormes. The people there worshipped demon spirits (associated with Baal) within the cattle. As pessoas lá adoravam espíritos demoníacos (associados a Baal) dentro do rebanho. In 1 Pet 5:8 , Satan is described as "a roaring lion...seeking those who he may devour" These verses are thus suggestive of the spiritual activity of Satan and his demons, celebrating as Jesus was suffering on the cross. Em 1 Pe 5:8 , Satanás é descrito como "um leão que ruge ... buscando a quem possa tragar" Estes versos são desta forma sugestivos da atividade espiritual de Satanás e seus demônios, celebrando enquanto Jesus estava sofrendo na cruz.
JESUS LAID DOWN HIS LIFE JESUS deu a sua vida
John 10:17-18 "The reason my Father loves me is that I lay down my life--only to take it up again. No one takes it from me, but I lay it down on my own accord. I have authority to lay it down and authority to take it up again. This command I received from my Father. " João 10:17-18: "A razão de meu Pai me ama, porque dou a minha vida - para retomá-la. Só que ninguém tira de mim, mas eu a dou a minha própria vontade. tenho autoridade entregá-la e autoridade para retomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai ".
Luke 23:46 "Jesus called out with a loud voice, 'Father, into your hands I commit my spirit'. " Lucas 23:46 "Jesus clamou em alta voz:" Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito '. " When he had said this, he breathed his last. Quando ele disse isso, ele deu seu último suspiro.
The average time of suffering before death by crucifixion is stated to be about 2-4 days(Tenney), although there are reported cases where the victims lived for 9 days.(Lipsius) The actual causes of death by crucifixion were multifactorial, one of the most significant would have been the severity of the scourging. O tempo médio de sofrimento antes da morte por crucificação é indicada em cerca de 2-4 dias (Tenney), embora haja relatos de casos onde as vítimas moravam por 9 dias. (Lipsius) As causas reais da morte por crucificação eram multifatorial, uma das o mais importante teria sido a gravidade da flagelação. (Edwards) Jesus died a quick physical death (Pilate was surprised that He had died so soon.(Mark 15:44)). (Edwards) Jesus teve uma morte física rápida (Pilatos ficou surpreso que Ele tinha morrido tão cedo. (Marcos 15:44)). While many of the physical signs preceding death were present, one possibility is that Jesus did not die by physical factors which ended His ability to live, but that He gave up His life of His own accord. His last statement, "Into your hands I commit my Spirit " seems to show that Jesus' death occurred by giving Himself up. Embora muitos dos sinais físicos precedentes a morte estavam presentes, uma possibilidade é que Jesus não morreu por fatores físicos que terminou sua capacidade de viver, mas que Ele deu Sua vida por vontade própria. Sua última declaração: "Em tuas mãos o meu espírito "parece mostrar que a morte de Jesus ocorreu por se entregar. In John 10, He states that only He has the power to lay down His life. Em João 10, Ele declara que apenas Ele tem o poder de dar a Sua vida. He proved His power over death by His resurrection. Ele provou Seu poder sobre a morte por Sua ressurreição. Truly, God is the one who has power over life and death Verdadeiramente, Deus é o único que tem poder sobre a vida ea morte
DEATH BY CRUCIFIXION: MORTE POR CRUCIFICAÇÃO:
HASTENED by the breaking of the legs, so that the victim could not push up to take a good breath. Precipitada pela quebra das pernas, de modo que a vítima não podia levantar para ter uma boa respiração.
John 19:32-33 : The soldiers therefore came and broke the legs of the first man who had been crucified with Jesus, and then those of the other. João 19:32-33 : Os soldados foram e quebraram as pernas do primeiro homem que tinha sido crucificado com Jesus, e depois os dos outros. But when they came to Jesus and found that he was already dead, they did not break his legs. Mas, quando chegaram a Jesus e descobri que ele já estava morto, não lhe quebraram as pernas.
CONFIRMED by a spear thrust into the right side of the heart. CONFIRMADA por uma lança enfiada no lado direito do coração.
John 19:34 : Instead, one of the soldiers pierced Jesus' side with a spear, bringing a sudden flow of blood and water. Death in crucifixion was hastened by the breaking of the legs of the victim. João 19:34 : "contudo um dos soldados perfurou o 'lado de Jesus com uma lança, um fluxo repentino de sangue e água às vítimas. Morte na crucificação era acelerada quebrando as pernas da. This procedure, called crurifracture, prevented the ability of the victim to take in a good breath. Este procedimento, chamado crurifratura, previne a possibilidade de a vítima a tomar uma boa respiração. Death would quickly occur from suffocation. A morte ocorreria rapidamente por asfixia. In Jesus' case, He died quickly and did not have His legs broken. No caso de Jesus, Ele morreu rápido e não teve Suas pernas quebradas. Jesus fulfills one of the prophetic requirements of the Passover Lamb, that not a bone shall be broken.( Exodus 12:46 , John 19:36 ) Jesus cumpre um dos requerimentos proféticos do cordeiro da Páscoa, que não um osso deve ser quebrado. ( Êxodo 12:46 , João 19:36 )
To confirm that a victim was dead, the Romans inflicted a spear wound through the right side of the heart. Para confirmar que a vítima estava morta, os romanos aplicavam uma lança atravessando o lado direito do coração. When pierced, a sudden flow of blood and water came Jesus' body . Quando perfurado, um fluxo repentino de sangue e água saíram do corpo de Jesus. The medical significance of the blood and water has been a matter of debate. A importância médica do sangue e água tem sido um assunto de debate. One theory states that Jesus died of a massive myocardial infarction, in which the heart ruptured (Bergsma) which may have resulted from His falling while carrying the cross. Uma teoria declara que Jesus morreu de um infarto fulminante do miocárdio, em que o coração rompido (Bergsma) que pode ter resultado na Sua queda enquanto carregava a cruz. (Ball) Another theory states that Jesus' heart was surrounded by fluid in the pericardium, which constricted the heart and caused death.(Davis) The physical stresses of crucifixion may have produced a fatal cardiac arrhythmia. (Ball) Outra teoria afirma que o coração de Jesus estava rodeado por fluidos no pericárdio, o qual constringe o coração e morte causados. (Davis) O stress físico da crucificação talvez tenha produzido uma fatal arritmia cardíaca. (Johnson) (Johnson)
The stated order of "blood and water" may not necessarily indicate the order of appearance, but rather the relative prominence of each fluid. A ordem indicada "sangue e água" talvez não indique necessariamente a ordem de aparecimento, mas antes a relativa importância de cada fluido. In this case, a spear through the right side of the heart would allow the pleural fluid (fluid built up in the lungs) to escape first, followed by a flow of blood from the wall of the right ventricle.(Edwards) The important fact is that the medical evidence supports that Jesus did die a physical death. Neste caso, uma lança através do lado direito do coração deixaria o fluido pleural (líquido acumulado nos pulmões) sair primeiro, seguido por um fluxo de sangue da parede do ventrículo direito. (Edwards) O fato importante é que a evidência médica defende que Jesus teve uma morte física.
The story, of course, does not end here. A história, claro, não termina aqui. The greatest event that separates Jesus from all others is the fact that He rose again and lives today. O maior evento que separa Jesus de todos os outros é o fato de que Ele ressuscitou e hoje vive. He intercedes for those who follow Him at the right hand of the Father.( Heb 7:25 ) Ele intercede por aqueles que segui-Lo à direita do Pai. ( Hb 7:25 )
APPEARANCE IN HEAVEN APARÊNCIA NO CÉU
Revelation 5:6 : Then I saw a Lamb, looking as if it had been slain , standing in the center of the throne, encircled by the four living creatures and the elders. Apocalipse 5:06 : "Então vi um Cordeiro, olhando como se ele tivesse sido morto, em pé no centro do trono, rodeado pelos quatro seres viventes e os anciãos.
In eternity, Jesus will bear the marks of His crucifixion. Rev 5:6 suggests that He appears in heaven with the marks as a Lamb "looking as if it had been slain" . Na eternidade, Jesus irá levar as marcas da crucificação. Rev 5:06 sugere que Ele aparece no céu com as marcas como o Cordeiro "olhando como se ele tivesse sido morto". We know that when He appeared to Thomas that He bore the scars of the nails and the spear in His side.(John 20:26-28) It is also worth considering reasons as to why He was not immediately recognized after His resurrection. Sabemos que quando Ele apareceu a Tomé que Ele levou as marcas dos pregos e da lança no seu lado. (João 20:26-28) Também vale a pena considerar os motivos pelos quais ele não foi imediatamente reconhecido depois da Sua ressurreição. In John 21:12 , it is stated that the disciples did "not dare to ask Him His identity, because they knew that it was the Lord." It is possible that His resurrection body still has the marks of His beatings. "The body of His glorification will be the body of His humiliation." (Missler) Em João 21:12 , é afirmado que os discípulos "não se atrevem a pedir-lhe sua identidade, porque sabiam que era o Senhor." É possível que Seu corpo ressuscitado ainda tem as marcas do seu espancamento. "O corpo de Sua glorificação será o corpo da Sua humilhação. "(Missler)
Are we ready to meet Him? Estamos prontos para encontrá-Lo? What have we done with what He has given to us?. O que fizemos com o que Ele nos deu?. Today, He encourages us to consider the cost of the cross and to apply it to our own lives. Hoje, Ele nos encoraja a considerar o custo da cruz e aplicá-la à nossa própria vida.
FOLLOWING JESUS CHRIST SEGUINDO JESUS CRISTO
Luke 9:23 : Then he said to them all: "If anyone would come after me, he must deny himself and take up his cross daily and follow me." Lucas 9:23 : "Então ele disse a todos:" Se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. "
When He was on earth, Jesus stated that , "If any man would come after me, let him take up his cross daily and follow me." ( Luke 9:23 ) As we have seen, in Jesus' time it meant going to your death, giving up and separating yourself from all that you had.......your rights, your friends, your body and blood and even your "god" , to follow Him. Quando estava na terra, Jesus declarou que, "Se alguém quer vir após mim, tome a sua cruz e siga-me." ( Lucas 9:23 ) Como vimos, em "tempos de Jesus significou ir a sua morte, dando-se e separando-se de tudo o que você tinha ....... seus direitos, seus amigos, seu corpo e sangue e até mesmo o seu "deus", para segui-Lo.
We are challenged by the example of Simon of Cyrene. Somos desafiados pelo exemplo de Simão de Cirene. Scripture mentions Him as being the father of Alexander and Rufus.( Mark 15:21 ) Rufus ( "a choice man in the Lord" ) and Simon's wife were both addressed by Paul in his letter to the Roman church. As Escrituras mencionam Deus como sendo o pai de Alexandre e Rufo. ( Marcos 15:21 ), Rufo ("um homem eleito no Senhor") e esposa de Simon foram ambas dirigidas por Paulo em sua carta à igreja romana. ( Romans 16:13 ) Here was a man, who indeed carried the cross...and made an impact for Christ in eternity. ( Romanos 16:13 ) Aqui estava um homem, que de fato carregou a cruz ... e fez um impacto para Cristo na eternidade. What commitment are you willing to make to Him now? Que compromisso você está disposto a fazer a ele agora?
The Bible, God's Word ( II Timothy 3:16-17 ), relates how God once had a personal relationship with man. A Bíblia, a Palavra de Deus ( II Timóteo 3:16-17 ), relata como Deus já tinha um relacionamento pessoal com o homem. God would talk and relate to man, just as you might relate to your best friend. Deus quer falar e se relacionar com o homem, assim como você pode se relacionar com seu melhor amigo. God created man to give him a meaningful and purposeful life. Deus criou o homem para dar-lhe uma vida com sentido e propósito.
Man chose to go his own way by disobeying God. O homem escolheu seguir seu próprio caminho por desobedecer a Deus. (This applies to all men as in Romans 3:23 ). (Isso se aplica a todos os homens como em Romanos 3:23 ). This disobedience, called sin, caused a break in the relationship between man and God. Esta desobediência, chamado pecado, causou uma ruptura na relação entre o homem e Deus. If a man casually seeks a relationship with God by his own efforts (religion), he will find nothing, because sin has broken the communication. Se um homem procura uma relação casual com Deus por seus próprios esforços (religião), ele vai encontrar nada, porque o pecado rompeu a comunicação. ( Isaiah 59:2 ) ( Isaías 59:2 )
Christianity is the story of God sacrificing His Son to restore a relationship that was broken. O cristianismo é a história de Deus sacrificando Seu Filho para restaurar um relacionamento que estava quebrado. As stated in the above text, Jesus gave up His life to pay for the sins of mankind and taking the punishment for the sin upon Himself. Como dito no texto acima, Jesus deu Sua vida para pagar pelos pecados da humanidade e levando a punição para o pecado sobre si mesmo. Because He gave His life on the cross, any one who believes in Him will have a restoration of a personal relationship with God. Porque Ele deu Sua vida na cruz, todo aquele que nele crê terá uma restauração de um relacionamento pessoal com Deus. Jesus Himself claimed to be the only way to God ( John 14:6 ) and only by the knowledge of God through Jesus Christ can man have a meaningful and purposeful life.( John 10:10 ) O próprio Jesus afirmou ser o único caminho para Deus ( João 14:6 ) e apenas pelo conhecimento de Deus através de Jesus Cristo o homem pode ter um propósito e significado na vida. ( João 10:10 )
God desires that all men come to know Him in a personal way. Deus deseja que todos os homens venham a conhecê-Lo de uma forma pessoal. If you have never received Jesus' gift of Himself for your sins , or have any doubts to how you can have a meaningful and purposeful life by the kinowledge of God through Jesus Christ, you can start by praying a simple prayer, such as: Se você nunca recebeu o presente de Jesus sobre si mesmo por seus pecados, ou tem alguma dúvida de como você pode ter uma vida com significado e propósito pela kinowledge de Deus através de Jesus Cristo, você pode começar a rezar uma oração simples, tais como:
Dear Lord Jesus. Caro Senhor Jesus. Thank you for dying on the cross for me. Obrigado por morrer na cruz por mim. I confess that I am a sinner before God. Confesso que sou um pecador diante de Deus. I acknowledge that by your death and sacrifice that you have paid the penalty of my sins for me. Eu reconheço que por sua morte e sacrifício que você pagou a pena dos meus pecados por mim. Please come into my heart and become the Lord of my life.As you gave your life, I give my life to you. Por favor, venha em meu coração e se tornar o Senhor da minha life.As você deu a sua vida, eu dou minha vida para você. I will take up my cross and follow you, not as I will, but to follow Your perfect will for my life. Vou levar a minha cruz e segui-lo, não como eu quero, mas para seguir a Sua vontade perfeita para minha vida. In Jesus Name, Amen. Em Nome de Jesus, amém.
If you have prayed this prayer, please let us know by e-mail. Se você fez esta oração, por favor, avise